Não é todo mundo que gosta, é claro, mas carros podem ser muito legais para bastante gente. Vide os redatores das matérias do TecMundo Auto – incluindo este que vos escreve – que adoram dirigir e admirar as máquinas mais possantes. Porém, não são todos que podem ou querem possuir um veículo particular, especialmente em grandes cidades, por motivos que vão desde o alto custo para se manter um automóvel até a escolha de colaborar com um ambiente mais sustentável.

Seja qual for o seu motivo, se você vive por aí sem carro, deve estar sempre pensando em como tornar sua vida mais simples sem precisar de um. Isso envolve muitas coisas, visto que o transporte público nem sempre é tão abrangente ou pontual, nem sempre temos uma bicicleta para quebrar o galho, nem mesmo ciclovias seguras disponíveis. Sem contar que, às vezes, a gente não consegue sequer voltar para casa quando vamos para um lugar muito longe e está muito tarde.

Após termos listado os 10 aplicativos mais interessantes para aproveitarmos as cidades usando carros, que você pode acessar através deste link, vamos registrar aqui mais 10 apps que podem facilitar a vida de quem não tem um automóvel ou não está a fim de ficar dirigindo sempre por aí. A variedade é grande e foi reunida pensando em praticidade, custo e segurança. Confira aí como pode ser mais fácil não estar motorizado em centros urbanos do Brasil:

Uber (Android/iOS)

O polêmico aplicativo de transporte particular, aparentemente, chegou para ficar. Depois de desbancar o táxi em cidades como Nova York, com uma frota gigantesca, o Uber chegou no Brasil em maio de 2014, na cidade do Rio de Janeiro, caiu no gosto do povo e foi se espalhando por outros grandes centros urbanos do Brasil.

Mais de dois anos depois, o serviço está presente em Natal, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Maceió, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Grande São Paulo, Londrina, Uberlândia, Vitória e Sorocaba. E não deve parar por aí.

O Uber é uma boa opção para quem precisa andar por aí com mais velocidade do que o transporte público ou mesmo durante a noite, quando o sistema de ônibus e metrô não funciona muito bem

O que ganhou o consumidor que trocou o táxi pelo Uber foram as taxas até 40% mais baixas, a facilidade de contratar o serviço (e pagar) via aplicativo e o atendimento diferenciado. A implantação da plataforma no Brasil gerou muita briga com taxistas e problemas de regulamentação nos municípios, mas aparentemente a situação já se normalizou.

O Uber é uma boa opção para quem precisa andar por aí com mais velocidade do que o transporte público ou mesmo durante a noite, quando o sistema não funciona muito bem, com poucos ônibus (quando existem) e metrô e trem fechados. Para baixar o Uber no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui.

Uber

BlaBlaCar (Android/iOS)

Se você não tem carro, principalmente para fazer viagens ou percorrer longas distâncias, e também está com a grana curta para gastar no ônibus, o BlaBlaCar é uma ótima opção. O sistema de caronas pagas criado na França se espalhou pela Europa inteira e chegou aos países em desenvolvimento em seguida, sendo um deles o Brasil.

A partir do começo de 2016, as pessoas podiam se cadastrar no BlaBlaCar e oferecer os lugares vagos em seus carros na hora de fazer viagens mais longas

A partir do começo de 2016, as pessoas podiam se cadastrar no BlaBlaCar e oferecer os lugares vagos em seus carros na hora de fazer viagens com pelo menos 160 km de distância. Nada melhor para um país de dimensões grandes como o Brasil. Assim, todo mundo sai ganhando: o motorista, que tem parte de seus custos recuperado e o viajante, que gasta muito menos que uma passagem e ainda viaja com mais conforto, podendo até fazer novas amizades.

Uma curiosidade: o BlaBlaCar está presente em diversos países do mundo, mas não nos Estados Unidos. Segundo o cofundador da plataforma Nicholas Brusson, além de a empresa estar mais focada em entrar nos mercados de países em desenvolvimento, o custo baixo de viagens de longa distância nos EUA inviabiliza o serviço do app. Para baixar o BlaBlaCar no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui.

BlaBlaCar

Loggi (Android/iOS)

Nada pior do que estar longe de casa e perceber que esqueceu algo importante lá. Quando temos um carro à disposição, caso não seja a hora do rush, você até consegue dar aquele pulinho veloz e buscar o que precisa sem muita dor de cabeça. Mas imagine depender do transporte público apenas para buscar algum documento ou objeto do qual você vai precisar impreterivelmente. Um pouco inviável, não é?

Você contrata o serviço de leva e traz usando um aplicativo que já informa a você o valor exato da corrida e o debita em seu cartão de crédito

Para isso, você pode usar o Loggi, uma espécie de “Uber dos motoboys”. Como assim? Você contrata o serviço de leva e traz usando o aplicativo, que já informa a você o valor exato da corrida e o debita em seu cartão de crédito. É necessário apenas informar os endereços de retirada e entrega e alguma informação extra necessária. Pronto! Aquilo que você esqueceu chega em suas mãos de maneira rápida e prática. Para baixar o Loggi no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui. Também é possível acessar a plataforma via Web.

Loggi

Moovit (Android/iOS)

Quem percorre as grandes cidades dependendo unicamente do transporte público pode ter muito mais tranquilidade se souber com mais exatidão os horários nos quais seus ônibus vão chegar nos pontos e a duração prevista de viagem. Com o aplicativo Moovit é possível ter uma ideia muito melhor de quando o ônibus vai passar, sem perder tempo demais plantado na rua.

No Brasil, 47 cidades possuem cobertura feita pelo Moovit, que utiliza os dados da própria frota dos municípios para informar seus usuários

Assim como o Waze, o Moovit foi criado por israelenses (inclusive, o fundador e ex-presidente do Waze é membro do conselho da empresa que administra o Moovit). Eles realmente são parecidos, visto que utilizam dados de GPS para fornecer as informações que os usuários buscam. No caso do Moovit, dá para saber onde cada ônibus está e o quanto vão demorar para chegar onde você precisa.

Além desse meio de locomoção, você também vê a programação de trens, metrôs, balsas e todos os tipos de transportes públicos possíveis. No Brasil, 47 cidades possuem cobertura feita pelo Moovit, que utiliza os dados da própria frota dos municípios para informar seus usuários. Para baixar o Moovit no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui.

Moovit

Pedala SP (Android/iOS)

De uns anos para cá, as bicicletas têm tomado as ruas das grandes cidades e aparecem como uma ótima alternativa para quem não usa carro: são baratas, não poluem o meio ambiente e, de bônus, ainda nos tornam menos sedentários. Quem opta pelas pedaladas como meio de transporte principal acaba enfrentando uma série de desafios que alguns aplicativos podem ajudar a simplificar.

Com o Pedala SP, você também pode colaborar assinalando avisos para outros usuários sobre problemas que podem encontrar pelo caminho

Um deles é o Pedala SP, exclusivo para a cidade de São Paulo, que mostra um mapa com diversos tipos de alertas para quem anda de bike, como incidentes em trajetos, pistas danificadas e alguns pontos de interesse, por exemplo, bicicletários, paraciclos, parques com ciclovias e estações de compartilhamento de bicicletas.

No Pedala SP, você também pode colaborar assinalando avisos para outros usuários sobre problemas que podem encontrar pelo caminho. Nele você pode gerar roteiros que mostram, além da distância e tempo, a diferença de altitude em sua viagem, para que você evite aquelas subidas mais complicadas. Para baixar o Pedala SP no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui.

Pedala SP

Bike Sampa, Bike Rio e outros (Android/iOS)

Diversas empresas privadas, mais conhecidamente alguns bancos, disponibilizam aplicativos através dos quais é possível alugar uma bike e passear por aí. É o caso dos apps desenvolvidos pela Mobilicidade, que permitem ao usuário encontrar e desbloquear bicicletas disponíveis em pontos específicos da cidade.

Cada vez mais desenvolvedores, com o patrocínio de outras empresas, estão criando aplicativos que são usados para contratar os serviços de bicicletas compartilhadas pelo Brasil

Esse serviço está disponível em cidades como Brasília, Aracaju, Recife, Petrolina, Porto Alegre, Fortaleza, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Santos, Sorocaba, entre outras. Cada vez mais desenvolvedores, com o patrocínio de outras empresas, estão criando aplicativos que são usados para contratar os serviços de bicicletas compartilhadas pelo Brasil. Certamente, em pouco tempo, a maioria das cidades terão acesso a esse serviço tão importante.

Para baixar os aplicativos da Mobilicidade que funcionam em sua cidade, escolha na lista disponível neste site.

Bike Sampa, Bike Rio etc.

Bike Repair

Se andar de bike por aí já é um desafio considerável, imagine quando sua magrela quebra e o deixa na mão! Como não é sempre que temos aquela graninha extra para o conserto da bicicleta, às vezes a melhor opção é realmente botar as nossas próprias mãos na graxa para resolver o problema.

Você pode registrar as bikes que possui, com detalhes de modelo e outras características, para encontrar dados sobre manutenção, regulagem, guias completos, dicas e truques úteis

É aí que entra o aplicativo Bike Repair, que contém tutoriais e informações detalhadas sobre como consertar tudo em sua bicicleta. Nele você pode registrar as bikes que possui, com detalhes de modelo e outras características, para  encontrar dados sobre manutenção, regulagem, guias completos, dicas e truques úteis, além de conselhos sobre o que vestir na hora de pedalar e até possíveis soluções para dores que você sente durante a atividade.

Infelizmente, todo o conteúdo do aplicativo é em inglês e a versão gratuita apenas dá acesso aos cuidados de manutenção e conserto das rodas, justamente o que mais costuma apresentar problemas. Ainda assim, caso você queira se dedicar realmente a cuidar da integridade de sua magrela, a versão paga de Bike Repair custa apenas R$ 8,65. Para baixar o Bike Repair no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui.

Bike Repair

Strava

O Strava é um popular aplicativo que monitora a prática de esportes como corrida e ciclismo. Muito usado por quem anda de bike por aí, ele também pode ser usado por quem não é necessariamente um atleta, mas quer monitorar suas andanças de bicicleta.

O Strava monitora os trajetos que você realiza, informando dados como diferença de altura, ritmo, distância percorrida, tempo gasto e coisas mais específicas, como gastos calóricos

Através de seu dispositivo móvel, o Strava monitora os trajetos que você realiza, informando dados como diferença de altura, ritmo, distância percorrida, tempo gasto e coisas mais específicas, como gastos calóricos, reunindo tudo isso em visualizações especiais, por exemplo, gráficos e registros escritos.

A versão gratuita do aplicativo apresenta algumas limitações de recurso, mas que podem ser experimentados sem necessidade de pagamento por 30 dias. Após esse período, o conteúdo Premium custa R$ 12 reais mensais para o usuário. Para baixar o Strava no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui.

Strava

WarmShowers

Às vezes vamos passear muito longe de casa e acabamos ficando sem ter como voltar. A falta de um carro, nesses momentos, pode impossibilitar, por exemplo, uma viagem mais distante para curtir um sítio, uma praia ou mesmo uma festa em uma cidade distante. Não é raro, também, que os horários dos seus compromissos não coincidam com ônibus de retorno ou caronas pré-programadas e a única saída é pernoitar longe do lar.

Esse serviço reúne pessoas que disponibilizam suas próprias casas para abrigar quem encara as estradas com uma bike. Pode ser um quarto, apenas uma cama ou mesmo um sofá

Uma das opções mais agradáveis para se conseguir um teto seguro para dormir é a comunidade WarmShowers, presente quase no mundo todo e que tem foco em ciclistas viajantes. Basicamente, esse serviço reúne pessoas que disponibilizam suas próprias casas para abrigar quem encara as estradas com uma bike. Pode ser um quarto, apenas uma cama ou mesmo um sofá e, claro, um lugar para sua companheira de duas rodas pernoitar também.

Basta fazer o download do aplicativo e se inscrever. Você não é obrigado a oferecer um lugar para poder usufruir da hospitalidade da comunidade, mas, se for possível, os viajantes agradecem! Para baixar o WarmShowers no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui. Também é possível acessar a plataforma pela Web.

WarmShowers

Couchsurfing

Seguindo a mesma ideia que o WarmShowers, mas tendo como foco um público-alvo muito mais abrangente, o Couchsurfing já é bastante popular entre viajantes e mochileiros que não querem gastar dinheiro demais em hotéis cheios de frescura, preferindo conferir como as pessoas realmente vivem em locais diferentes.

Uma das coisas mais legais do Couchsurfing é que, além de um lugar seguro para pernoitar, você quase sempre arruma novos amigos

Assim, sem um carro para poder retornar de suas viagens no horário que quiser, melhor tratar de arrumar um lugar barato para dormir. Uma das coisas mais legais do Couchsurfing é que, além de um lugar seguro para pernoitar, você quase sempre arruma novos amigos que, com um pouquinho de sorte, ainda o levam para conhecer os pontos mais legais dos arredores.

Para baixar o Couchsurfing no sistema Android, clique neste link; para iOS, basta clicar aqui. Também é possível acessar a plataforma via Web.

Couchsurfing

Cupons de desconto TecMundo: