Ao lançar a sua nova linguagem de programação, a Swift, a Apple prometeu liberar a plataforma para uso irrestrito pela comunidade global de desenvolvedores até o fim de 2015. Hoje, a companhia cumpriu sua promessa e até lançou o site Swift.org para promover e disseminar o código.

Por padrão, softwares feitos com o Swift são compatíveis com o OSX, iOS e Linux. Contudo, com a plataforma liberada na internet, não deve demorar muito até uma versão compatível com Windows e Android aparecer por aí.

Levando em consideração o discurso da empresa sobre a plataforma, ela não deve achar isso algo ruim. Foi dito que a expectativa da Apple para o Swift é torná-lo uma das principais linguagens de programação dos próximos 20 anos. Para isso, entretanto, ele teria que ser compatível os sistemas operacionais concorrentes, que são de longe os mais difundidos mundo afora.

Algumas APIs específicas continuam em propriedade da Apple, mas qualquer desenvolvedor cadastrado no site da companhia pode fazer o download desses complementos dentro das diretrizes especificadas. Já o Swift como um todo, está disponível sobre o método de licenciamento Apache 2.0, que permite uso comercial e particular sem maiores restrições.

Se você gostou da notícia e quer começar a programar com o Swift, é possível encontrar todo o material necessário no site da plataforma e também no GitHub.

Qual é a maior vantagem de programar com o Swift? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: