O CEO da Nike Mark Parker disse em entrevista com a Bloomberg que sua empresa está trabalhando junto à Apple para o desenvolvimento de dispositivos vestíveis e que ele está bem otimista em relação a essa parceria.

“Quando olho para o futuro e percebo o que é possível fazer com a Nike e a Apple... Tecnologicamente, nós podemos fazer coisas juntos que não poderíamos fazer independentemente”, comentou. “Então sim, parte de nosso plano é expandir toda a fronteira digital em termos de dispositivos vestíveis e ir dos... 25 milhões de usuários da Nike+ para centenas de milhões”.

Linha fitness, provavelmente

Ainda que Parker não tenha falado de nenhum produto específico envolvido nesse trabalho conjunto, aparentemente os planos são de investir em serviços da linha fitness e saúde. O que se especulava desde abril é que a Nike tivesse abandonado sua  pulseira FuelBand, mas  ao que tudo indica ela está longe de desistir do mercado de dispositivos do gênero. “Eu acho que isso será grande parte do futuro, com certeza”, declarou o CEO.

Enquanto a Apple chegou a vender o bracelete FuelBand em suas lojas, o aplicativo Nike+ Move esteve entre os primeiros a suportar o chip de movimento M7 do iPhone 5S. Desde 2006, as duas companhias têm cooperado em produtos como o iPod Nike+, além de Parker já ter trabalhado de perto com o atual CEO da Apple e com o próprio Steve Jobs.

Lembrando que Apple tem também seus próprios produtos que se encaixam na categoria dispositivos vestíveis. A empresa anunciou em setembro que o esperado Apple Watch será lançado em algum momento de 2015.

Cupons de desconto TecMundo: