Apple quer mais participação no mundo automotivo (Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Antes de Steve Jobs falecer, não é segredo que um dos grandes sonhos do CEO sempre foi desenvolver um carro, quem sabe o chamado “iCar”. Desde então, tal aspiração não tem mais sido compartilhada com tanta força nos corredores da empresa. Isso, no entanto também não significa que a Maçã não tenha nenhuma pretensão de fazer parte do mundo dos automóveis.

De acordo com um artigo do Gizmodo, a Apple tem investido pesado na integração das tecnologias da Siri com os sistemas de reconhecimento de voz presentes nos veículo. O chamado "Eyes Free" é uma versão do recurso que pode ser utilizada nos automóveis. Basta ativá-la no iPhone e pareá-la com o sistema de informação e entretenimento do carro. Isso é possível de ser feito por USB ou Bluetooh e, quando a conexão é realizada, você é capaz de dar comandos de voz para tocar músicas, fazer ligações ou mandar mensagens de texto enquanto dirige.

Contudo, aparentemente as ambições da Apple vão um pouco mais longe. Há, por exemplo, uma vaga na página de carreiras e oportunidades da Maçã que cita uma vaga bem especifica: “iOS Car Services”. Especula-se que a companhia poderia levar os recursos do AirPlay para os veículos. Atualmente, a ferramenta é utilizada pelas pessoas que desejam sincronizar fotos e vídeos com a Apple TV.

Correndo atrás da concorrência

O movimento da empresa de Cupertino segue uma tendência que já foi percebida há algum tempo pelos seus concorrentes, que investem bastante no ramo automotivo. A Google, por exemplo, gasta fortunas no desenvolvimento do seu carro sem motorista. Além disso, o Android vem, aos poucos, sendo integrado aos veículos de diversas marcas.

Google não precisa de motoristas (Fonte da imagem: Reprodução/Annie Tritt/The Wall Street Journal)

Google Maps, Google Street View e Google Earth já estão integrados em sistemas de navegação da Audi e da Mercedes. Já a Microsoft, desde 2007, tem diversas parcerias com montadoras, como a Ford e a Kia Motors.

Segundo Anna Buettner, Analista Sênior da IHS, cita que a Apple pode encontrar algumas dificuldades nesse novo mercado. De acordo com ela, a relutância da companhia em “aceitar ordens” de outras empresas pode limitar bastante o seu sucesso no ramo automotivo.

Honda também vai fabricar carros integrados com a Siri da Apple"Eyes Free" vai permitir interação com iOS com as mãos no volante. (Fonte da imagem: Divulgação/Honda)

A analista acredita que como o sistema operacional presente nos carros não foi feito pela empresa da Maçã, é natural que os desenvolvedores do SO original queiram impor determinadas regras para a entrada dos serviços desenvolvidos pela Apple. Assim, a empresa precisa aprender a trabalhar em conjunto com as montadoras.

Apesar das palavras “duras” de Buettner, a empresa também mostra que não está sozinha. A Chevy, por exemplo, já trabalha com um novo tipo de integração do Siri Eyes Free em seu novo carro, o Spark. A Honda é outra montadora que deve trabalhar em conjunto com a empresa da Maçã.

Cupons de desconto TecMundo: