Nesta semana, um vídeo circulou pela internet mostrando que a Google tem uma versão pronta do Google Now — que é o seu assistente pessoal de buscas — para o iOS. Segundo executivos da empresa, este aplicativo só não estaria disponível para aparelhos da Maçã por conta das regras vigentes na App Store.

Em outras palavras, a Google colocou a culpa no sistema de revisão que aprova ou reprova os softwares que são ofertados na loja digital da Apple. Por conta disso, grande parte das pessoas que tiveram acesso ao vídeo acabou pensando que a empresa da Maçã tinha impedido a publicação do Google Now de alguma maneira.

A história não é bem assim...

Em uma espécie de resposta, a Apple afirmou que não há nenhum aplicativo proveniente da Google no seu sistema de revisões, o que incluiria o Google Now, de modo que ela não poderia aprovar nada. Com isso, a companhia da Maçã não teria culpa pelo fato de os usuários do iOS não terem acesso a este aplicativo.

Logo depois, como informou o site The Verge, ficou-se sabendo que a Google não submeteu — pelo menos ainda — o Google Now à aprovação da Apple. Por conta disso, parece que as acusações não passam de provocações trocadas, sendo que isso prejudicou o pessoal que poderia começar a utilizar o software em breve.

Cupons de desconto TecMundo: