Há alguns dias, a Alphabet (empresa criada para gerenciar a Google e projetos paralelos) ultrapassou a Apple e se tornou a companhia mais valiosa do mundo. Porém, nem deu tempo de comemorar muito a vitória: uma reviravolta no mercado já devolveu à Maçã o primeiro lugar no pódio.

Acontece que a Alphabet conquistou a liderança após a revelação do relatório financeiro trimestral da empresa contendo os (extremamente positivos) números dos projetos da companhia. Os ânimos exaltados fizeram o preço das ações dispararem até demais, levando a companhia ao topo de forma inesperada. Porém, foi só a poeira baixar para a situação se regularizar.

O aumento de 8% após a divulgação do relatório financeiro foi cortado pela metade nesta quarta-feira (4) após um dia em que várias marcas do setor de tecnologia sofreram baixas nas ações: Tesla, Yahoo!, Netflix e Amazon também fecharam o período em baixa. Já a Apple não só manteve a estabilidade durante o fechamento do mercado como aumentou a capitalização de ações em 1,98%. Assim, ela fechou o dia valendo US$ 534,22 bilhões. A Alphabet agora vale US$ 499,94 bilhões.

Como o número é bastante variável e depende de fatores previsíveis (venda de produtos) ou nem tanto (ânimo dos investidores no dia), se Apple e Alphabet continuarem em boa fase, o ranking deve ser muito modificado ao longo deste e dos próximos anos.

A Apple está ditando as tendências para o mundo tecnológico? Comente no Fórum do TecMundo