7 Remasters e Remakes para 2022 e além

5 min de leitura
Imagem de: 7 Remasters e Remakes para 2022 e além
Imagem: Voxel

Ao longo dos anos, o mundo dos videogames recebeu uma porção de títulos que fizeram história, seja em âmbito geral ou apenas pessoal, marcando a vida dos jogadores.

Olhar para trás e lembrar do quão legal foi a experiência de curtir estes jogos no passado é sempre bom, mas às vezes a gente precisa de um pouco mais do que isso. Entram as remasterizações e as recriações!

Remasters e remakes para ficar de olho

No primeiro, revisitamos os games em uma versão remasterizada que geralmente tem novas e melhoradas texturas e efeitos sonoros, e às vezes até mesmo controles aprimorados. Afinal, nem todo controle e jogabilidade são atemporais...

Já no segundo, recebemos uma versão refeita do zero, atualizando os jogos com gameplay, esquema de controles etc. condizentes com os dias atuais. A seguir, listamos sete remakes e remasters (e uma menção honrosa) imperdíveis, que devem chegar às lojas a partir deste ano!

Advance Wars 1+2: Re-Boot Camp

Compilando os dois primeiros jogos, lançados para o Game Boy Advance, Advance Wars 1+2: Re-Boot Camp é uma nova versão dos dois clássicos "completamente reimaginados e refeitos", nas palavras da própria Nintendo.

O game terá gráficos renovados, refeitos totalmente do zero, com gameplay trazendo um visual 3D enquanto o desenvolvimento da história e outras partes da aventura continuam em 2D, mantendo a fidelidade visual da série. Esperado originalmente para dezembro de 2021, o jogo foi adiado e estava agendado para chegar em abril deste ano. Por causa da recente guerra entre Rússia e Ucrânia, porém, a Nintendo optou por adiar o título novamente, desta vez sem oferecer uma nova data de lançamento.

Chrono Cross: The Radical Dreamers Edition

A nova versão remasterizada de Chrono Cross já está a caminho, chegando no dia 7 de abril deste ano para PS4, Xbox One, Nintendo Switch e PC (via Steam) com novos modelos de personagens em alta resolução e mais uma porção de novidades.

Por exemplo, a remasterização trará a possibilidade de ligar ou desligar o encontro de combate com inimigos, melhorias nas batalhas (incluindo batalhas automáticas) e a opção de alternar entre o visual repaginado e o original. Além disso, o jogo trará ainda a aventura Radical Dreamers, nunca antes lançada no ocidente, que faz a conexão entre Chrono Cross e o clássico Chrono Trigger.

Dead Space Remake

Utilizando boa parte dos designs do jogo original, mas adicionando toques atualizados como iluminação e Ray Tracing para tornar tudo mais realista, Dead Space Remake está em produção — mas ainda não recebeu uma previsão de lançamento.

Na nova versão do game, que terá versões para PS5, Xbox Series X|S e PC, jogadores poderão utilizar diferentes itens do arsenal para causar variadas formas de dano aos adversários, tudo regado a muito sangue e gore. Ainda que não saibamos muito sobre a recriação do título original, novidades serão reveladas no dia 11 de março, quando o time de desenvolvimento vai falar um pouco mais sobre o papel do som no remake.

Dragon Quest III HD-2D Remake

Revelado no aniversário de 35 anos da franquia, Dragon Quest III HD-2D Remake está chegando com gráficos repaginados. Assumindo visual muito similar ao de Octopath Traveler — no que parece ser uma nova tendência muito bem-vinda —, o game será uma mescla de 2D em alta resolução com elementos em três dimensões.

Outra mudança clara que pode ser vista no trailer acima (em japonês) é que agora, durante as batalhas, podemos ver o time de heróis de costas durante a seleção de ações no turno do jogador. Infelizmente, para a tristeza dos fãs, o título segue sem previsão de lançamento e também ainda não foram divulgadas as plataformas para as quais será lançado.

Live A Live

Mesmo que nunca tenha sido localizado para fora do Japão, o título original foi lançado em 1994 para o Super Famicom (o que equivalente japonês do Super Nintendo). Pegando todo mundo de surpresa, a Big N anunciou a chegada do jogo para Switch no dia 22 de julho de 2022 com gráficos 2D-HD, similares aos vistos em Octopath Traveler e, mais recentemente, em Triangle Strategy.

Em Live A Live, jogadores terão de visitar diversas eras diferentes da história da humanidade, do passado longínquo ao futuro, participando de muitos confrontos  e participar de vários confrontos no melhor estilo JRPG.

Prince of Persia: The Sands of Time Remake

Anunciada em 2019, a recriação de Prince of Persia: The Sands of Time é um daqueles casos em que o jogo é revelado e parece que nunca vai sair. Com recepção bem fraca por parte da crítica e dos fãs, o jogo já foi adiado duas vezes — esta última tendo acontecido em outubro do ano passado.

Pouco se sabe sobre esta nova versão do clássico da Ubisoft. Lançado originalmente em 2003, o jogo foi muito bem recebido pela crítica especializada, recebendo nota 92 nas versões para PS2, Xbox e Game Cube; e nota 89 na versão para PC. Além disso, o título foi nomeado Jogo do Ano na E3 2003, além de ter recebido diversas nomeações e prêmios por excelência — e uma adaptação cinematográfica que infelizmente não agradou tanto quanto o material original.

Splinter Cell Remake

Confirmado em dezembro do ano passado, Splinter Cell Remake está sendo desenvolvido pela Ubisoft Toronto e deve recontar a história do primeiro jogo da série — desta vez utilizando a nova versão da Snowdrop Engine (a mesma usada em The Division). A intenção da equipe ao recriar o clássico é de modernizar o jogo de 2002, com controles e visual atualizados para o padrão visto nos games mais atuais.

O time, porém, pretende se manter fiel ao original: o remake terá estrutura linear, baseada em stealth, mantendo também a temática vistas quando o jogo foi lançado 20 anos atrás. Como ainda está em fase inicial de desenvolvimento (com a Ubi ainda procurando mais profissionais para trabalhar no projeto), é provável que ainda demore um tantinho para vermos a nova versão do primeiro Splinter Cell chegando às lojas.

Menção honrosa: Resident Evil 4 Remake

Deixemos rapidamente de lado as versões HD e VR e vamos ao que interessa: embora ainda não esteja oficialmente confirmado pela Capcom, um remake de Resident Evil 4 provavelmente está em produção. Afinal, já recebemos novas edições recontando a história dos três primeiros títulos numerados da série sobre zumbis e armas biológicas da produtora japonesa — então uma versão completamente atualizada e repaginada da aventura de Leon contra a ameaça das Plagas é mais do que esperada.

Ainda que não conte com a participação de Shinji Mikami, o criador da franquia e a mente por trás das melhorias vistas no quarto título numerado, o remake de RE4 tem a benção do mestre, que espera que a Capcom consiga melhorar ainda mais o clássico. E é bem provável que vejamos um recriação do game, já que diversos rumores indicam que o desenvolvimento do remake do título está de volta às mãos da produtora.

E você, está esperando impacientemente por alguma remasterização? Tem algum remake que você já não aguenta mais esperar? Diz aí nos comentários!