(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Produzido em parceria com a BMW Group Designworks, o mouse Thermaltake eSPORTS Level 10 M pretende se tornar o carro-chefe da Thermaltake nesse setor do mercado. Vendido como um dos mouses mais precisos do mundo quando o assunto são games, o modelo ficou com uma tarefa não muito justa: a de ser digno da expectativa levantada.

Nós usamos o Level 10 M durante sessões em games como Battlefield 3, Left 4 Dead 2, Chronicles of Riddick: Escape From Butcher Bay e Torchlight 2. Confira abaixo a nossa análise, mostrando os pontos positivos e negativos do mouse.

Aprovado

Design arrojado

Desenhado em parceria com a montadora de carros BMW, a primeira coisa que chama atenção no Level 10 M é o seu design. Ao contrário da maioria dos modelos no mercado, o periférico é todo aberto, contando com as laterais vazadas e buracos na parte superior, o que deve mudar um pouco a maneira como você o usará.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Essas aberturas pelo mouse devem funcionar como uma forma natural de resfriamento, evitando que a sua mão fique suando. Não deverá fazer uma mudança espetacular nesse aspecto, mas pode ajudar consideravelmente.

O Thermaltake eSPORTS Level 10 M está disponível nas cores Diamond Black, Iron White, Military Green e Blazing Red, dando opções que agradam a maioria das pessoas. Talvez, no começo, o design do mouse pareça estranho, mas não é nada que um pouco de costume não resolva.

Deixe o mouse do jeito que você quiser

Um dos elementos mais interessantes do Level 10 M é a possibilidade de personalizar os seus botões (ele conta com dez, mais o scroll wheel) através do software que acompanha o mouse. Nele, é possível criar macros especiais que podem ser ativados pelo periférico, trocar a luz emitida por ele e configurar a sua taxa de DPIs. Inclusive, essa taxa pode chegar até 8.200, que fazem dele o mouse com mais precisão do mercado. Tudo é salvo em perfis que podem ser alterados com facilidade.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Além dessas funções, você pode mudar a maneira como vai segurar o mouse. O Thermaltake eSPORTS Level 10 M traz consigo uma chave para alterar a inclinação da porção superior do periférico. Isso significa que você pode incliná-lo para frente, trás, esquerda e direita.

Durante os testes, testamos alguns ângulos para saber qual deixaria o uso mais confortável. Para aquelas pessoas que utilizam o mouse durante muito tempo e precisam de precisão, a customização pode ajudar muito. Um ponto positivo é que, mesmo depois de um tempo em um ângulo específico, a parte superior não ficou solta, permanecendo da maneira como foi personalizada.

Reprovado

Não é para todo mundo

Enquanto o design do Tt eSPORTS Level 10 M é a primeira coisa que chamará atenção, ele também se torna um dos elementos que mais podem afastar os gamers. É fácil compreender por que a Thermaltake e a BMW tomaram algumas decisões em relação à maneira como o mouse foi desenhado, mas, ao mesmo tempo, também é fácil ver como ele pode desagradar algumas pessoas.

(Fonte da imagem: Divulgação/Thermaltake)

Por si só, o Level 10 M não se encaixa com perfeição à sua mão. Se você tiver paciência, deve se acostumar com ele, mas algumas pessoas podem se irritar com as aberturas laterais e com a disposição dos seus botões.

Outro elemento que também pode incomodar é o peso do Level 10 M. Ele não chega a ser absurdamente pesado, mas é fácil notar que o mouse pesa mais do que outros modelos do estilo. Algo que vai contra ele é que não existe uma maneira de regular esse peso, ficando a persnoalização apenas na angulação da parte superior do periférico.

Vale a pena?

O Thermaltake eSPORTS Level 10 M é uma aposta da empresa. O design diferente consegue, em alguns momentos, se sobressair, deixando a sua eficácia em segundo plano. Isso significa que o Level 10 M é ruim? Não, apenas que você deverá ter certa aceitação a mudanças, se adaptando a ele, em vez de ser o contrário.

Em comparação a outros mouses para games, o preço do Tt eSPORTS Level 10 M, no Brasil, pode ser um pouco salgado (em média R$ 500), o que pode limitar um pouco o seu alcance por aqui. O fato de ele ser o mouse mais preciso do mercado, alcançando a marca de 8.200 DPI, pode fazer com que o modelo se torne o objeto de desejo de muita gente, passando por cima do valor cobrado no país.

O Level 10 M é um bom mouse, mas indicado para um público restrito. Se você quer apenas um periférico para jogar suas partidas de Battlefield 3 ou Call of Duty, sem muito compromisso, existem opções mais em conta. Agora, se você é daqueles que leva o seu jogo a sério e quer precisão acima de tudo, o Level 10 M pode ser ideal para sua jogatina.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: