Futuras versões do Ubuntu terão servidor gráfico próprio

1 min de leitura
Imagem de: Futuras versões do Ubuntu terão servidor gráfico próprio
Avatar do autor

Você já ouviu falar em “servidor gráfico”? Apesar de pouco mencionado fora dos circuitos de programadores, trata-se de algo muito importante para todos os sistemas operacionais. Um servidor gráfico é responsável pela mediação entre o que os usuários ordenam para os sistemas e o que é mostrado nas telas. E se você usa alguma distribuição Linux, há grandes chances de o servidor do seu computador ser o X.

O X foi criado na década de 1980 e faz parte de várias Distros, incluindo o popular Ubuntu. Mas a Canonical (responsável pela distribuição mencionada) informou que isso será modificado em breve, pois as novas versões do sistema operacional serão equipadas com um servidor próprio, que está sendo chamado de Mir. Segundo informações da Canonical, o Mir já está em desenvolvimento desde julho do ano passado e foi programado sem qualquer base no X.

Entre as principais novidades esperadas para o Mir está a versatilidade na utilização, pois ele poderá criar uma interface Unity única, podendo ser aplicada a computadores, celulares, tablets e até mesmo televisores. Espera-se também melhores resultados para interfaces sensíveis ao toque e mais fluidez em todo o sistema. No vídeo que está no topo desta notícia, você pode conferir um pouco mais sobre os testes que estão sendo realizados com o Mir.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Futuras versões do Ubuntu terão servidor gráfico próprio