É difícil encontrar um trabalho em que você não seja obrigado a usar um ponto biométrico para marcar seu horário de entrada e de saída – até porque isso é uma lei. Contudo, mesmo recebendo um relatório-espelho das suas marcações, isso só acontece uma vez ao mês e nem sempre é possível saber se você está devendo no banco horas. Para manter um controle sobre seu tempo de trabalho, o aplicativo WorkTimeTrack é uma mão na roda.

Pré-requisitos

  • WorkTimeTrack instalado.

 

Baixar WorkTimeTrack

 

Faça você mesmo

Quando o WorkTimeTrack estiver aberto, não existem abas a serem alteradas nem qualquer segredo sobre como usá-lo. Na parte superior, o horário no relógio do seu smartphone é indicado no aplicativo, bastando selecionar a opção verde para adicioná-lo como hora de entrada – repita o processo para indicar a saída.

Caso você não deseje utilizar o horário indicado, é possível alterá-lo com facilidade (use as setas ou toque sobre os números para sobrescrevê-los).

A região no centro do WorkTimeTrack permite a inserção do tempo utilizado no seu intervalo de almoço.

Finalmente, após indicada a saída, o gráfico na parte inferior do aplicativo é atualizado e passa a indicar a quantidade de horas trabalhadas a cada dia.

O WorkTimeTrack não apresenta várias funções que seriam muito interessantes, por exemplo: apresentar uma maneira mais rápida para você marcar o horário de almoço e a possibilidade de gerenciar diferentes dias de trabalho (isto é, não há como inserir as horas trabalhadas na última semana, nem como alterar a marcação de um dia sem removê-lo).

Cupons de desconto TecMundo: