TIM anida permanece proibida de vender novas linhas de celular neste final de semana.

A operadora de telefonia móvel TIM entrou com recurso na Justiça Federal de Brasília contra a suspensão das venda de novas linhas imposta pela Anatel. O juiz Tales Krauss Queiroz, designado para o caso, vai analisar o caso ao longo deste final de semana e seu parecer deve ser divulgado já na próxima segunda-feira (23).

A TIM está proibida de vender novas linhas telefônicas em 18 estados brasileiros, depois de ser punida na última semana.  As companhias Claro (em três estados) e Oi (em cinco estados) também foram proibidas de vender novos chips, todas as três elas pelo mesmo motivo: falhas consequentes na qualidade do serviço prestado ao consumidor.

De acordo com uma fonte anônima ligada a Anatel, a suspensão não foi uma surpresa para as companhias, visto que conversas sobre qualidade já vinham sendo mantidas entre a agência reguladora e as operadoras há cerca de um ano e meio. "Eles não foram surpreendidos. Talvez as operadoras não achassem que fôssemos tomar medidas de suspensão", afirmou a fonte à reportagem da Reuters.

Fonte: Reuters

Cupons de desconto TecMundo: