Em uma nova campanha maliciosa, golpistas se passam por agentes da CIA (Agência Central de Inteligência dos EUA) para enganar vítimas e roubar criptomoedas. O golpe é semelhante ao que vem acontecendo desde 2018, que envolve mensagens de sextorsão enviadas via email.

Esses emails são uma evolução da sextorsão que vem acontecendo

Segundo uma publicação no Reddit, os golpistas enganam a vítima alegando que ela seria alvo de uma investigação criminal do governo. A mensagem traz imagens da CIA e um domínio de email que simula o original. Ao final das ameaças, os “agentes” pedem US$ 10 mil em Bitcoin para a investigação ser encerrada.

Esses emails são uma evolução da sextorsão que vem acontecendo, até por aqui. Nos emails, hackers dizem ter acesso fotos e vídeos íntimos da vítima e cobram um valor X para apagarem os arquivos. Uma mentira óbvia.

Infelizmente, é importante relatar essas coisas no Brasil. Somos o país que mais sofre com golpes de phishing no mundo, de acordo com a Kaspersky.

Caso você não saiba, phishing é um dos métodos de ataque mais antigos, já que "metade do trabalho" é enganar o usuário de computador ou smartphone. Como uma "pescaria", o cibercriminoso envia um texto indicando que você ganhou algum prêmio ou dinheiro (ou está devendo algum valor) e, normalmente, um link acompanhante para você resolver a situação. O phishing também pode ser caracterizado como sites falsos que pedem dados de visitantes. A armadilha acontece quando você entra nesse link e insere os seus dados sensíveis — normalmente, há um site falso do banco/ecommerce para ludibriar a vítima —, como nome completo, telefone, CPF e números de contas bancárias.

Cupons de desconto TecMundo: