Twitter agora permite descrever denúncias de tweets com contexto

1 min de leitura
Imagem de: Twitter agora permite descrever denúncias de tweets com contexto
Imagem: Diego Thomazini/Shutterstock
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (9) o Twitter anunciou uma reformulação na sua ferramenta de denunciar tweets. A principal mudança permite ao usuário denunciante incluir um contexto à sua reclamação, escrevendo um texto de até 280 caracteres como complemento. A novidade já está disponível “para a maior parte dos mercados” no iOS, Android e no próprio site da rede social.

De acordo com a plataforma, a mudança tem o objetivo “de tornar mais fácil a denúncia, pelas pessoas, de conteúdos potencialmente nocivos ou indesejados no Twitter”. Em comunicado, a empresa informou que a funcionalidade estava em testes nos Estados Unidos e, a partir disso, se mostrou eficiente.

Segundo o Twitter, nos testes o recurso de incluir contexto à uma denúncia resultou em “um aumento de 50% no número de formulários enviados que resultaram em tomadas de medidas corretivas pelo Twitter”, já que “eram referentes a violações às regras da plataforma”.

Como denunciar tweets

No novo formato, os usuários precisam seguir o mesmo caminho tradicional para realizar uma denúncia no Twitter. Ou seja, basta tocar (ou clicar) no botão de três pontos e, em seguida, selecionar a opção “Denunciar Tweet”. Na etapa final do processo, após selecionar as devidas opções, o usuário vai se deparar com a tela chamada “Revisar e enviar”, onde pode descrever a denúncia.

Twitter denúnciasDenúncias do Twitter agora permitem incluir uma descrição.

“A nova abordagem também permite que o Twitter obtenha mais informações diretamente das pessoas que querem relatar problemas, possibilitando que a plataforma seja mais precisa ao endereçar em escala as preocupações de quem usa o serviço”, disse a empresa.

O Twitter vem passando pelo processo de possível aquisição pelo bilionário Elon Musk, que também se tornou a mais recente “dor de cabeça” da plataforma. Em um acordo firmado em cerca de US$ 44 bilhões, Musk tem relatado que a rede social esconde a quantidade real de contas falsas. Já o Twitter diz que os números são reais e deve entregar uma “montanha” de dados para comprovar o que diz. A informação, relatam os advogados de Musk, é essencial para o andamento do processo.