A febre girando em torno do game Pokémon GO está causando as reações mais inusitadas e divertidas possíveis. Após pessoas terem sido esfaqueadas, roubadas, caído de um penhasco, atropeladas e de terem invadido o Central Park em multidões para conseguir capturar pokémons, o canal do YouTube chamado Useless Duck Company bolou uma maneira de tornar o jogo – que explora a tecnologia de realidade aumentada – ainda mais verdadeiro.

O vídeo faz uma crítica (irônica e bem-humorada) aos recursos limitados do game, que não permite uma ação mais realista na hora de lançar a pokébola. Para arremessar o dispositivo que captura os monstrinhos, é necessário arrastar o dedo na tela de touch de baixo para cima. Assim que a bola é lançada na direção e na distância corretas, o pokémon que está no seu alvo é devidamente aprisionado.

Arremessando para a vitória!

Assim, os malucos do canal Useless Duck Company gravaram um vídeo mostrando como resolveram esse problema. Inicialmente, alteraram um smartphone Nexus para que seu acelerômetro respondesse aos movimentos do celular como uma ação de arrasto na tela de baixo para cima. Feito isso, sempre que o dispositivo é agitado, é como se alguém tivesse passado o dedo no visor nesse sentido.

Porém, na hora da prática, a brincadeira se mostra muito cara: o smartphone é arremessado de verdade na direção onde o pokémon virtual se encontra e acerta o chão com força! Com o monstrinho aprisionado em sua pokébola, sua única preocupação agora é ter dinheiro o suficiente para consertar seu celular cada vez que for jogar Pokémon GO.

Cupons de desconto TecMundo: