1. Pokéladrão

O “Pokémon Go” é para capturar personagens como o Pikachu e o Bulbassauro, mas tem gente usando para pegar coisas muito mais valiosas: o pertence das pessoas! No estado do Missouri, nos EUA, a polícia atendeu uma ocorrência em que jogadores eram atraídos para lugares remotos e assaltados! Até agora, 4 envolvidos no crime foram identificados, por isso, fique esperto antes de sair caçando seus pokémons por aí!

Ladrões foram capturados depois de usarem o jogo para atrair vítimas

2. Pokécadáver

Shayla Wiggins, de 19 anos, estava caçando pokémons perto do rio Big Wind, no estado de Wyoming, quando achou algo muito mais sinistro do que um personagem do jogo: um cadáver em decomposição! De acordo com as autoridades que atenderam a ocorrência, tudo leva a crer que a pessoa morreu de causas naturais.

Jovem tropeçou em um cadáver enquanto caçava pokémons

3. Poképarto

Jonathan Theriot estava acompanhando sua esposa durante o trabalho de parto quando resolveu caçar pokémons ali mesmo, na sala da maternidade. E não é que ele encontrou? Um Pidgey estava ali perto da mulher, bem próximo de onde sairia um bebê em instantes. Só torcemos para ele não dar o nome do pokémon ao filho, não é mesmo?

Torcendo para a criança não ganhar o nome do personagem

4. Pokétráfico

O que você pensaria se visse 2 rapazes negros, na faixa dos 20 anos, conversando com um homem branco, de 40 anos, perto de sua casa às 3h da manhã? Um policial achou que estava rolando um tráfico de drogas, mas os três homens conseguiram convencê-lo de que estavam apenas caçando um Onyx. O policial inclusive baixou o jogo e pediu dicas para os caras de como começar a brincar!

Policiais e civis jogando "Pokémon Go" juntos

5. Pokédrone

Uma das maiores vantagens do “Pokémon Go” é que ele colocou a galera para caminhar. Existem relatos de pessoas andando quase 10 quilômetros por dia para procurar personagens. Porém, um espertinho publicou no Tumblr que ele estava caçando pokémons com ajuda de um drone! Além de alcançar grandes distâncias, ele não precisa fazer muito esforço. É mole?

APELÃO!

6. Pokétreinador

Se você, assim como eu, não tem estrutura cerebral para compreender direito como funciona o “Pokémon Go”, basta contratar uma pessoa para te ensinar! O anúncio de uma mulher dando aulas sobre o joguinho de realidade aumentada ao preço de US$ 20 por hora/aula acabou fazendo muito sucesso. Você pagaria R$ 65 por uma aulinha com ela?

A crise financeira gera medidas drásticas – como se tornar instrutor de um joguinho

7. Pokéfacada

Um rapaz quase perdeu a vida quando estava caçando pokémons: ele se aproximou de um homem para saber se ele fazia parte de seu time quando acabou apunhalado no ombro com uma faca! Esse segundo cara não fazia ideia do que se tratava do jogo e estava no parque apenas para arranjar encrenca. Mas o mais bizarro vem agora: o esfaqueado negou atendimento médico para continuar sua caçada atrás de personagens raros.

"Mano, tou de boa, só quero caçar pokémons enquanto morro de hemorragia"

8. Pokéigreja

Atrair os jogos para os cultos religiosos é um das maiores dificuldades das igrejas de vários lugares do mundo. Porém, a Primeira Igreja Luterana de Columbia Heights, nos EUA, achou uma forma genial de aumentar seu rebanho: virou um Ginásio Pokémon e muita gente entrou para conferir.

Transformar a igreja em um Ginásio Pokémon e atrair os jovens: GÊNIOS!

9. Pokéinfâmia

Os pokémons não escolhem lugar para aparecer, mas os jogadores podem selecionar onde capturá-los. Em um funeral fica meio estranho, não acham? Isso já aconteceu! Outra situação indelicada aconteceu no Museu do Holocausto, em Washington: as pessoas entravam no local para capturar os personagens, não necessariamente para saber sobre os horrores da Segunda Guerra.

Museu do Holocausto está tentando proibir que personagens do game aparecem em suas instalações

10. Pokémontorista

Um dos maiores problemas do trânsito nos dias atuais é causado por pessoas que insistem em usar seus smartphones para mandar mensagens ou navegar na internet enquanto estão dirigindo. Esse risco parece ser ampliado com o “Pokémon Go” – tanto que uma estrada norte-americana colocou um aviso luminoso para os motoristas não usarem o aplicativo enquanto conduzem seus veículos.

Esperamos que não tenha sido o motorista que fez essa foto

Via Mega Curioso.

Cupons de desconto TecMundo: