Linha RAZR deve continuar sendo a "alma" da Motorola Mobility (Fonte da imagem: Reprodução/Droid Life)

O Site Wired falou com o presidente executivo da Google, Larry Page, e conseguiu a confirmação do que muita gente duvidava: a Motorola vai continuar correndo separadamente da Google indefinidamente. Apesar de ambas as empresas já terem confirmado tal informação, as suspeitas de que as coisas mudariam muito na Motorola continuavam no ar.

Por fim, na entrevista, Page disse que os interesses da Google para a fabricante são exatamente o que o CEO da Motorola, Dennis Woodside, pretende fazer. Ou seja, a continuidade do que a empresa vem fabricando ultimamente está garantida. Woodside foi empossado presidente executivo da Motorola logo após a compra pela Google.

“Existe muito espaço para inovação em hardware. Os telefones que usamos hoje possuem vidro na tela que todo mundo teme de quebrar ao deixar o smartphone cair. Em cinco ou 10 anos isso será diferente”, disse Page.

Fora isso, ficou claro que a Google não irá fazer com que a Motorola produza todos os seus smartphones a fim de seguir o padrão de usabilidade sugerido para o Android. Ou seja, a Motorola não se tornará a fabricante eterna da linha Nexus, como se imaginava quando a empresa foi comprada.

Cupons de desconto TecMundo: