Estudo indica que equipes de TI com mulheres se comunicam melhor

1 min de leitura
Imagem de: Estudo indica que equipes de TI com mulheres se comunicam melhor
Imagem: Pexels/Divulgação
Avatar do autor

Um novo estudo, desenvolvido por um grupo de pesquisadores europeus, concluiu que equipes de TI que contam com mais mulheres tendem a ter uma melhor comunicação. A também analisou como a igualdade de gênero é sentida no setor.

Segundo os autores, tanto os homens quanto as mulheres da área de tecnologia subestimam a importância feminina nas equipes de TI. Inclusive, em alguns casos, as mulheres foram as que consideraram a diversidade de gênero como assunto menos importante. O estudo também indica que quanto menos experiência o profissional tem com equipes miscigenadas, maior a chance de ele não considerar importante a diversidade de gênero.

Importância feminina no setor

Para explicar melhor a importância das mulheres no setor, os pesquisadores utilizaram dois conceitos: “cheiros da comunidade” e “dívida social”. Segundo o estudo, a dívida social é semelhante à dívida técnica em TI. Ambos os tipos são resultados de decisões sobre as pessoas e suas interações.

Estudo avalia como a presença femina melhora a comunicação dentro da equipeEstudo avalia como a presença feminina melhora a comunicação dentro da equipeFonte:  Daria Shevtsova/Pexels 

Da mesma forma, os “cheiros da comunidade” são análogos ao “mau cheiro no código-fonte”, que são escolhas no software que levam a falhas. Na pesquisa, os autores definem os "cheiros da comunidade" como padrões que indicam organização e comunicação abaixo do ideal e que podem levar a custos imprevisíveis do projeto.

Para a pesquisa, os autores analisaram quatro tipos de “cheiros da comunidade”:

  • Silos organizacionais: quando a equipe não se comunica, exceto por meio de um ou dois de seus respectivos membros;
  • Nuvem negra: a equipe está sobrecarregada com informação porque a comunicação não é organizada;
  • Lobos solitários: membros da equipe que gostam de desafiar e não ouvem os colegas;
  • Gargalos: um membro da equipe quer ser a única fonte de informação.

Outros estudos já haviam concluído que as mulheres são essenciais para diminuir os “cheiros da comunidade” e evitar a dívida social. Contudo, essa pesquisa também mostra que as mulheres aumentam a eficiência e a qualidade organizacional das equipes, em especial na área de TI.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Estudo indica que equipes de TI com mulheres se comunicam melhor