A quantidade de programas e jogos disponíveis para download aqui no site é enorme. Para você ter noção, só para Windows são quase 40 mil opções de downloads e para o Linux, por exemplo, são mais de mil programas. Invariavelmente muitos deles são semelhantes e o que os diferencia é, obviamente, o nome. Porém, há muitos casos em que o nome é idêntico, mas o que muda são as versões.

É neste ponto que a coisa pega, pois você sabe o que significam todos aqueles números ou os “sobrenomes” incomuns como: alfa, beta, Release ou Gold? Como não há definições claras do que cada nome representa, são usados termos que se tornaram praticamente oficiais, já que algumas nomenclaturas se tornaram muito populares. É claro que os nomes não estão lá à toa, portanto hoje vamos tentar explicar o que todos aqueles números ou nomes querem dizer.

Estão falando grego

Você já deve ter ouvido aquela expressão “não entendi nada, parece que estão falando grego”. Pois é, então não se culpe por não entender o que significam os nomes das versões, pois em dois casos eles estão falando grego sim! É o caso da versão Alfa e Beta, visto que estas nomenclaturas derivam do alfabeto grego.

O que é isso?

Ciclo de vida de um software

Um programa, assim como um produto que você compra no supermercado, um carro ou um tênis passam por um processo de desenvolvimento para chegar até você, pois de nada adianta comprar um carro não finalizado ou um tênis sem sola. Desta forma, é um termo usado na área de desenvolvimento chamado “Gerenciamento de releases” e é aí que se define em que pé o programa está.

Alfa

Para começar o ciclo temos a versão alfa. O nome alfa deriva de uma letra do alfabeto grego e naquele sistema numeral tem valor 1. Por isso que esta versão pode ser considerada a primeira fase de um software, ou seja, os primeiros passos.

Esta versão serve para que o software desenvolvido já possa ser patenteado, por exemplo, ou que suas intenções e funções sejam conhecidas. Porém, nem sempre é destinado aos usuários finais, mas sim para outros desenvolvedores ou parceiros do projeto, já que pode apresentar muitos erros (bugs).

Porém, é comum vermos versões alfa disponíveis para downloads, inclusive aqui no Baixaki. É claro que versões alfa podem apresentar problemas, mas nem por isso elas são de totalmente ruins.

 

Quantos alfas

Beta

Quantos betas!As versões betas já são mais fáceis de serem encontradas, ainda mais se você usa os serviços Google.  Assim como o alfa, o beta também deriva do alfabeto grego e, assim como aquele, ele significa o número 2. Esta versão é considerada aceitável para ser lançada para os usuários, porém ainda possui alguns bugs, mas que o desenvolvedor tem consciência disso.

Desta forma, ela pode ser comparada com o nosso primeiro beijo, pois já estamos beijando pessoas, ou seja, já estamos interagindo, mas ainda não chegamos à perfeição. O Orkut e o Gmail são os eternos betas da Internet, pois desde que foram lançados em 2004 e 2005 (aproximadamente)e até hoje o nome beta está lá.

Closed Beta

Além da versão Beta, é possível que você se depare com variações dela, como no caso, a Closed Beta. Como o Beta quer dizer que é algo ainda não concluído, mas possível de usar antes de haver a liberação do programa ele é distribuído para um grupo seleto de pessoas. Estas pessoas geralmente são especialistas, formadores de opinião ou conhecidos, desta forma em primeiro lugar eles testam e emitem uma avaliação para somente depois a versão Beta ser liberada para o público.

O Orkut foi um caso de Closed Beta, já que para acessar o serviço você precisava receber um convite de alguém que já usava o site de relacionamentos.

Open Beta

Hoje em dia, para usar o orkut você só precisa fazer uma conta Google e começar a fazer amigos sem precisar de convite. Isso é um exemplo de versão Open Beta, pois ela continua Beta, mas qualquer pessoa pode ter acesso à ela.

 


Alguns exemplos

Release Candidate – RC

Release em inglês significa liberar, tornar disponível e é por isso que há a versão Release Candidate, ou em tradução livre, candidato à liberação. A versão Release Candidate, ou RC, pode ser considerada como a mais próxima da final, pois apresenta todas as funções, interface e desempenho sem erros consideráveis. Ela é o genro ou nora que algumas mães gostariam de ter, não é perfeito, mas já é possível usá-lo sem maiores problemas.
Esse é pra quase casar.
Gold ou Final

A versão Gold nem precisa de muitas definições ou explicações, pois o próprio nome já diz tudo, afinal ouro é ouro e não se fala mais nisso. Esta versão é a definitiva, o The End dos programas, mas é mais voltada para jogos, pois se um programa chega até este patamar é porque já está pronto para entrar nas máquinas dos usuários e não causar erros.

Na verdade a nomeação de uma versão como Gold é mais uma denominação que define a que pé anda o desenvolvimento do produto. Quando uma versão é chamada de Gold é porque ela está pronta para ser comercializada, mas chamar um programa ou game de Gold fica a critério do desenvolvedor, já que a palavra pode soar melhor aos ouvidos dos usuários.

É claro que “nem tudo o que reluz é ouro”, desta forma em muitos casos versões Gold também apresentam erros (o que é muito comum se tratando de computadores). Porém, vamos entender que a versão Gold pode ser considerada a final, entretanto sempre há algo a melhorar. Mas ela, com certeza, é o genro ou nora que sua mãe pediu.

 

Confira no esquema abaixo um resumo do ciclo de vida de um software.

O ciclo do programa

No campo das nomenclaturas, deve-se observar que elas servem para que antes de baixar ou usar o produto possamos saber a que pé está seu desenvolvimento. Agora vamos falar de números, pois você já deve ter percebido que eles são frequentes junto aos nomes dos programas.

Confusão matemática

Se você reparar, há vários números junto ao nome e versão e, assim como estas, eles não estão lá à toa. Para que você entenda mais facilmente acompanhe este quadro que foi baseado no da fundação Apache Software Foundation:

Tabela de versões

Geralmente os programas apresentam três números separados por pontos. O MSN é um exemplo, confira a figura:

Confira o exemplo

De acordo com a tabela, o último número representa o número de correções de erros após o lançamento do aplicativo, neste caso 206. O número entre os pontos mostra as melhorias ou pontos em que o programa evoluiu, aqui 864. E o primeiro número quer dizer que 14 funções de grande importância foram incorporadas ao programa desde o seu lançamento.

Vale lembrar que não há um padrão, ou melhor, regra para a nomenclatura de releases, desta maneira é possível haver variações (isso pode explicar o zero entre os números). É claro que o MSN é um exemplo farto já que está quase na décima versão. No entanto não é comum encontrar programas com tantos releases, porém é sempre bom saber o que cada número significa, vai que você precisa de algumas combinações para fazer alguma aposta. Se ficar rico, não se esqueça de mim!

Concluindo

Assim como os programas, as versões não param de se reinventar, portanto vale a dica de sempre se manter atualizado quanto às nomenclaturas e regras usadas nos programas. É claro que isso não interfere substancialmente na hora de utilizar um software, mas você pode deixar de falar mal caso algo errado aconteça, já que está bem claro que ele é uma versão alfa, por exemplo.

 

Cupons de desconto TecMundo: