Provando novamente que não tem medo de mexer no legado criado pela Motorola em anos recentes, a Lenovo pode estar prestes a adicionar uma nova letra à linha Moto. Após rumores indicando que a companhia estava trabalhando em um novo produto com o nome Moto X, o aparelho intermediário em questão pode ser o primeiro com a marca Moto M.

O dispositivo em questão é conhecido pelo nome XT1662 e tem como características conhecidas uma tela de 4,6 polegadas com resolução 1920x1080 pixels (Full HD). Isso serve como indício de que a companhia pode estar disposta a dar uma cara nova à sua linha de aparelhos intermediária — que, de certa forma, já se confunde com alguns dos modelos recentes do Moto G.

Moto M deve adotar um chipset MediaTek octa-core de 2,1 GHz com a GPU Mali-T860

Fontes ligadas à indústria afirmam que o Moto M deve adotar um chipset MediaTek octa-core de 2,1 GHz com a GPU Mali-T860, 3 GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento e o Android Marshmallow. Também são esperadas câmeras com sensores de 16 megapixels (traseira) e 8 megapixels (frontal), cujos detalhes mais avançados ainda são desconhecidos.

Até o momento não há informação sobre quando a Lenovo deve apresentar o novo produto, mas são grandes as chances de que isso aconteça durante a IFA 2016. Resta esperar para descobrir se a companhia vai conseguir convencer os consumidores de que o novo produto realmente respeita o legado de respeito deixado pelo (aparentemente extinto) Moto X.

Cupons de desconto TecMundo: