A Motorola realizou um evento especial em sua sede em São Paulo nesta terça-feira para mostrar as peculiaridades e funcionalidades do seu vindouro smartphone modular, o Moto Z, e dos componentes que poderão ser acoplados a ele, os Moto Snaps. O TecMundo esteve presente na ocasião e teve a chance de conferir os dispositivos de perto. Confira a seguir nossas primeiras impressões sobre as novidades.

Antes de mais nada, vamos falar sobre o aparelho propriamente dito. O corpo do smartphone mistura partes de aço com uma peça maciça de alumínio do mesmo tipo usado em aeronaves militares, o que garante grande resistência mesmo com a espessura de apenas 5,2 mm. “Ele é bem firme e não vai se entortar mesmo que você o guarde no bolso de trás e sente em cima”, garantiu um representante da Motorola.

Variante branca e dourada do Moto Z

O visual do aparelho foi bem trabalhado e passa uma sensação de que estamos lidando com um produto premium – especialmente na versão com a traseira dourada. A espessura do Moto Z não faz com que sua pegada fique incômoda independentemente de haver ou não um Snap encaixado. Ainda assim, as grandes dimensões da tela de 5,5 polegadas dificultam a execução de algumas tarefas, como digitar mensagens com apenas uma mão.

Especificações de ponta

Falando da tela, o Moto Z conta com um display AMOLED com resolução Quad HD (2560x1440 pixels), o que garante que as imagens exibidas não somente contem com excelente nível de detalhes, mas também ofereçam cores extremamente vivas e brilhantes. A experiência visual é complementada pela ótima câmera traseira, que consegue gravar vídeos em 4K – algo que também tira muito proveito do estabilizador ótico de imagens embutido.

Sobre o sistema propriamente dito, não há muito o que acrescentar aqui. A Motorola segue utilizando uma versão praticamente sem modificações do sistema operacional móvel da Google, que responde com grande rapidez aos comandos dados. O Moto Z virá de fábrica com o Android 6.0.1 Marshmallow, mas o fato de se tratar de um smartphone de ponta serve praticamente de garantia de que o dispositivo será atualizado para a próxima versão da plataforma.

O principal diferencial do Moto Z e a versatilidade oferecida pelos Moto Snaps

Metamorfose ambulante

Por mais que o Moto Z já seja um excelente aparelho por conta própria, o principal diferencial está mesmo nos Moto Snaps. Os acessórios usam quatro ímãs poderosos para se prender firmemente à traseira do celular, unindo-se ao smartphone de forma que parecem até fazer parte dele. A protuberância da câmera se encaixa nos buracos dos módulos, servindo como ponto de fixação. Para desencaixar, basta deslizar a parte inferior para um dos lados e puxar – tudo isso sem ter que desligar o smartphone ou ativar o Bluetooth.

A utilização dos Snaps é extremamente simples, bastando encaixar os produtos e, durante a primeira utilização, fazer configurações simples com alguns toques na tela do celular. Depois disso, não será mais necessário fazer pareamentos ou configurações adicionais, bastando “juntar as peças” para transformar seu Moto Z em uma caixinha de som ou em um projetor ambulante.

Entre os Snaps que estarão disponíveis no Brasil quando o smartphone for lançado, em setembro, o que mais nos chamou a atenção foi o Insta-Share Projector, que permite que você projete as imagens da tela do seu celular diretamente sobre uma superfície plana. Dessa forma, torna-se possível usar o suporte do acessório para projetar um telão de até 70 polegadas nas paredes ou no teto do seu quarto, por exemplo – e o sistema inteligente do celular garante que a projeção ficará perfeitamente retangular, sem partes esticadas.

O JBL SoundBoost também facilita um bocado as coisas para quem quer agitar uma festa com mais facilidade. Além de precisar apenas ser encaixado a um dos celulares para aumentar consideravelmente sua potência sonora, é possível usar o Snap em vários celulares e facilmente sincronizar todos para que toquem a mesma música.

Os Moto Snaps adicionam funcionalidades interessantes ao Moto Z

Mesmo com isso em mente, é inegável que o mais prático – e provavelmente o mais popular – dos Moto Snaps é o Incipio Power Pack, que praticamente dobra a vida útil da bateria do Moto Z. O powerbank se prende perfeitamente à traseira do celular e não necessita de fios para funcionar, eliminando todo o desconforto causado por baterias externas convencionais.

O céu é o limite

Embora não tenha sido possível fazer testes aprofundados de desempenho e usabilidade, podemos dizer que nossas primeiras impressões sobre o Moto Z e seus Moto Snaps iniciais foram bastante positivas. O fato de que a Motorola quer abrir o desenvolvimento de novos acessórios para quaisquer interessados – bastando que se cadastrem por meio do site disponível neste link – também expande os horizontes para o surgimento de produtos ainda mais criativos.

As únicas dúvidas que restam são a data específica da chegada do smartphone e dos módulos e o preço que será cobrado por esses produtos aqui no Brasil. A fabricante decidiu manter o mistério sobre esses assuntos até setembro, então tudo o que podemos fazer no momento é esperar. Enquanto isso, você pode clicar aqui para conferir mais detalhes sobre as configurações do Moto Z e descrições dos Snaps que chegarão com ele ao território tupiniquim.

Cupons de desconto TecMundo: