Aprenda a usar o Booyah!, aplicativo de lives para Free Fire

3 min de leitura
Imagem de: Aprenda a usar o Booyah!, aplicativo de lives para Free Fire
Imagem: Booyah!/Divulgação
Avatar do autor

O Booyah! é um serviço de transmissão ao vivo desenvolvido pela Garena para o jogo Free Fire. Com ele, é possível assistir a outros criadores, bem como criar um canal para transmitir os próprios gameplays. A plataforma ainda permite a integração e o compartilhamento dos vídeos com outros serviços, como Twitch, YouTube Gaming e Facebook Gaming. Além disso, sedia eventos e oferece bônus de logins para o popular battle royale de celular.

Com o Booyah!, os usuários podem fazer upload das melhores jogadas. Para tanto, basta acionar o comando de voz “Ok, Booyah” no celular, e o programa registra os últimos segundos da transmissão. O serviço também compila trechos destaques ao fim de cada partida que podem ser publicados. Se quiser conhecer mais sobre o app e como utilizá-lo, confira as informações a seguir.

Como surgiu o Booyah!?

O Booyah! foi criado como um serviço de streaming voltado para Free Fire, o famoso battle royale no estilo de Fortnite, PUBG, Apex Legends e outros. A plataforma, vale destacar, é compatível com esses e outros jogos, mas, nesse caso, exige o uso de programas terceiros para transmissão, como OBS e XSplit.

a  Twitch/Reprodução 

Em linhas gerais, o Booyah! funciona de forma semelhante a Twitch e Nimo. Atualmente, é possível usar a plataforma no computador, em iOS (iPhone, iPad) e dispositivos Android. Além disso, o próprio Free Fire tem compatibilidade nativa.

Como assistir a transmissões?

O serviço funciona de forma bastante intuitiva e, para assistir a transmissões, o usuário pode usar três alternativas disponíveis já na página inicial:

  1. Início — Possui um conjunto de transmissões oferecidas pela própria plataforma;
  2. Procurar — Permite buscar o nome de um streamer específico;
  3. Seguindo — Exibe somente contas que o usuário já segue.

Há uma outra forma de encontrar transmissões. Basta entrar na seção “Canais em Alta”, também na página inicial, que permite filtrar conteúdos por vídeos pro player (com jogadores profissionais), conteúdos engraçados, colabs e “falador” (que inclui bate-papo ao vivo e outros jogos).

Sistema de Coins

m  Kris Gaiato/Reprodução 

Caso queira incentivar os streamers que acompanha, o usuário pode utilizar o sistema de Coins da plataforma (moedas, em português). Com ele é possível realizar doações que variam entre R$ 3,90 e R$ 229,90. Quando o streamer acumula mais de R$ 200 na conta, pode solicitar um saque ou uma transferência para sua conta bancária.

Como criar conteúdo?

O primeiro passo é se cadastrar no Booyah!, requisito mínimo tanto para aspirantes a streamers quanto para espectadores. Para isso, acesse o site pelo computador ou baixe o aplicativo. Em seguida, clique em “Perfil” para iniciar a inscrição. Após registrada uma conta, clique no “+” na tela inicial. Aqui, cabe ressaltar que somente é possível realizar transmissões pelo aplicativo no celular.

Agora, escolha entre enviar um clipe já pronto ou iniciar uma transmissão ao vivo. Caso prefira a primeira opção, saiba que é possível vincular a conta do Booyah! com YouTube, Facebook e Twitch ao clicar em seus respectivos ícones na tela que aparecerá em seguida. Com isso, as transmissões serão sincronizadas.

a  Kris Gaiato/Reprodução 

Se quiser realizar uma transmissão ao vivo, pressione “Continuar” e escolha o jogo de sua preferência, preenchendo a descrição e inserindo tags. Feito isso, clique no botão “Iniciar”. Vale frisar que, antes de começar sua primeira transmissão, o programa solicitará algumas permissões, como câmera, microfone e sobreposição de app. Iniciada a live, é possível acompanhar os comentários na barra central, ocultar microfone e vídeo, além de encerrar a transmissão clicando no ícone de contagem do tempo.

Regras para utilizar o Booyah!

Assim como outras plataformas de streaming, o Booyah! tem regras de uso, portanto vale ficar atento para evitar possíveis penalizações. Confira práticas que devem ser evitadas na comunidade:

  • Transmitir conteúdo pornográfico.
  • Passar-se por administradores do site ou por outro streamer.
  • Transmitir música ou vídeos com direitos autorais.
  • Exibir imagens estáticas apenas para contar tempo na plataforma.

Como se tornar parceiro oficial da plataforma?

j  Booyah/Divulgação 

Antes de se tornar um parceiro oficial da plataforma, título que acompanha uma série de benefícios (especialmente relacionados à monetização do canal), o streamer precisa cumprir alguns requisitos:

  • acumular no mínimo 10 horas de transmissão;
  • distribuir as horas mínimas por pelo menos 5 dias;
  • ter audiência média de 20 visualizações em cada transmissão;
  • ter no mínimo 30 seguidores.

Alcançadas essas metas, será enviado um convite para que o dono do canal se torne um parceiro oficial do Booyah!. Embora a concordância não seja obrigatória, ela é o pontapé para aqueles que almejam a profissionalização do canal.

Aprenda a usar o Booyah!, aplicativo de lives para Free Fire