A Gigabyte é uma das empresas brasileiras que lideram as vendas de componentes eletrônicos no Brasil e muita gente conhece a marca. Em parceria com a NVIDIA, a companhia se destaca principalmente no segmento de placas de vídeo, no qual, segundo a própria empresa, é a número um no país. Agora, a Gigabyte trará uma linha premium para os gamers brasileiros sob um novo nome: Aorus.

A linha já existe há um tempo, mas foi deixada de lado, dando lugar à Extreme Gaming e G1 Gaming. Porém, a empresa tem o desejo de revitalizar o nome “Aorus”, que será dado à toda série de hardwares e periféricos que estão no patamar top de linha. Portanto, a partir de julho, uma nova leva de produtos chegará ao mercado.

Linha Aorus

Até aí, muitas empresas fazem isso frequentemente, então qual é o destaque da vez? Vamos detalhar quais são as qualidades desses novos itens mais abaixo de acordo com o que a Gigabyte nos explicou, mas há um quesito da companhia que impressionou durante o anúncio: o preço.

Acessórios bem mais baratos que o comum

De todos os itens que chegarão a partir do mês que vem, poucos tiveram o preço ou a faixa de valor divulgados. Entretanto, durante o anúncio, a Gigabyte reforçou diversas vezes que a linha Aorus chegaria a um preço competitivo e agressivo. Mas quanto? Afinal, acessórios gamers costumam ser bem caros – ainda mais em linhas que desejam ser a premium da empresa.

Apenas dois exemplos foram citados, mas eles foram bem animadores: o teclado mecânico K7 (que chegará no padrão ABNT2 no futuro, uma raridade hoje em dia) terá componentes de alta qualidade, como corpo de alumínio, LEDs com customização de luzes RGB e switches Cherry MX, e chegará na faixa dos R$ 400 (o preço final não foi divulgado, apenas o valor aproximado no qual será vendido).

XK700, da linha anterior

Outro exemplo: o mouse da linha Aorus da Gigabyte, com 6.400 de DPI e um sensor ótico de alta qualidade (não foi especificado qual é o tipo do sensor), chegará por volta de R$ 150. Se você é um gamer e gosta desse tipo de periféricos, certamente já pesquisou alguma vez e encontrou acessórios que chegam na casa dos R$ 1 mil facilmente. Certamente, o conceito de "barato" é bem relativo, mas, quando comparamos esses itens de alta qualidade com os concorrentes, certamente é um preço bem abaixo do normal.

Se você pesquisar por bons teclados mecânicos, verá que a faixa de preço vai de R$ 600 a mais de R$ 1 mil

A empresa ainda tem que provar o seu nome quando o assunto é periférico, mas é difícil duvidar da qualidade quando componentes de ponta (como os switches Cherry MX do teclado) estão presentes nos produtos. O TecMundo fará review de diversos deles quando forem lançados, portanto, fique de olho.

Placas de vídeo premium, mas sem preços por enquanto

Você provavelmente conhece a Gigabyte por conta das placas de vídeo, e elas continuam sendo um foco bem grande. A empresa tem uma forte parceria com a Nvidia e trará toda a linha GTX (1080 Ti, 1080, 1070 e 1060) sob o guarda-chuva da linha Aorus. Basicamente, isso significa ter um padrão de qualidade novo, com sistema de refrigeração melhor, clocks mais altos e muito mais.

A linha inteira chega até agosto, com teclado, mouse, cadeira, placas de vídeo e outros componentes

Nas placas de vídeo, esse novo padrão terá mais componentes com luzes RGB para customização, backplate de cobre para maior dissipação de calor, VR Link (um “atalho” para saída HDMI frontal do gabinete, ideal para não enrolar os fios de óculos VR), indicadores de LED nos conectores de força da placa (para saber se há problemas de energia sem precisar desmontar o PC) e a tecnologia Windforce, que já está presente nas outras linhas e traz uma ventilação maior no componente.

Placas de vídeo da linha Aorus

As demais linhas continuarão em paralelo, mas a Gigabyte quer criar uma marca para aglomerar tudo o que a empresa traz com qualidade premium. Os componentes (que são teclados, mouses, cadeiras, gabinetes, fontes de energia e outros itens) e as placas de vídeo começarão a chegar no mercado em julho e a linha inteira estará completa no Brasil até agosto.

Quase nenhum valor foi divulgado, mas a empresa disse que está com uma estratégia de preços agressivos, algo que vale a pena ficar de olho. Assim que tivermos mais informações, atualizaremos essa matéria.

Cupons de desconto TecMundo: