Motor da Apollo 11 estava parcialmente enterrado no fundo do oceano. (Fonte da imagem: Reprodução/Bezos Expeditions)

Nem todos os presidentes de grandes companhias da internet e tecnologia em geral vivem apenas para seu trabalho. O caso de Jeff Bezos, CEO da Amazon, é um dos mais interessantes, já que ele conseguiu recentemente resgatar do oceano o motor da Apollo 11, a primeira missão tripulada que conseguiu pousar na Lua.

Bezos descobriu os restos do foguete que se desprendeu do ônibus espacial e, com veículos controlados remotamente, conseguiu desenterrar o motor e trazê-lo juntamente com várias partes para a superfície.

No blog criado para publicar informações e imagens da recuperação do motor Apollo 11 F-1, ele explica como foram realizados os cálculos para triangular a queda do motor, além de mostrar imagens e vídeos do momento em que o dispositivo estava sendo trazido para cima e desenterrado.

O empresário não especifica onde nem quando deve colocar o motor em exposição, mas acredita-se que algum museu como o Seattle Museum of Flight possa receber o motor em algum tempo. 

Cupons de desconto TecMundo: