Uma das frases mais clichês da história da humanidade foi desmentida por um estudo publicado pelo Institute of Economic Affairs (IEA), na Inglaterra. De acordo com a pesquisa, o dinheiro pode comprar felicidade – e não há um limite para isso, já que mesmo as pessoas mais ricas ficariam mais felizes à medida que enchem ainda mais os bolsos.

A partir de dados econômicos coletados de 126 países, o estudo mostra que os rendimentos financeiros estão diretamente ligados ao bem-estar de uma pessoa – e, consequentemente, à felicidade geral de uma nação. A pesquisa apontou que um aumento em 20% do patrimônio de uma pessoa significa quase a mesma taxa em satisfação e alegria.

Segundo o Daily Mail, outra conclusão importante do estudo, formulado por acadêmicos de vários países europeus, é de que os milionários mantêm um sorriso no rosto durante toda a vida, contrariando a teoria de que a felicidade das pessoas mais ricas tende a cair ou estagnar depois de certo acúmulo material.

Cupons de desconto TecMundo: