(Fonte da imagem: Anon News)
Como prometido, membros do grupo de hackers Anonymous decidiram assumir o papel de Robin Hood e roubar dos ricos para dar aos pobres. Em uma mensagem postada no site Pastebin, os hackers afirmam que, neste ano, eles darão “uma folga a Papai Noel” e pedem para que o público envie pedidos de presente para dois emails.

Em seguida, em uma entrevista ao site Anon News, os hackers afirmam ter recebido pedidos variados, desde produtos da Apple (iPhones e iPads), pizzas e doações para os movimentos Occupy, como o de Nova York. O grupo também afirmou ter desviado cerca de US$ 76 mil (cerca de R$ 140 mil, de acordo com a cotação atual) de diversas contas bancárias para garantir os presentes.

Falsa caridade

Em declarações dadas ao site eWeek, o diretor de estratégias de segurança da Imperva – uma das maiores empresas de segurança de dados atualmente –, Rob Rachwald, afirmou que embora os bancos e empresas de cartão de crédito paguem pelo prejuízo causado pelos hackers, os consumidores também sofrem com ações desse tipo.

Isso ocorre, segundo Rachwald, porque as instituições financeiras precisam recuperar o dinheiro perdido em ações como o “Natal dos Anonymous” e, para isso, elas aumentam os juros e taxas cobrados pelos seus serviços.

Cupons de desconto TecMundo: