Anunciados em setembro deste ano, os novos iPhones XS e XS Max são as duas principais apostas da Apple para se consolidar na segunda colocação do ranking das maiores fabricantes de smartphones do planeta. E parece que a tática está dando certo, ao menos no que diz respeito aos dados iniciais de vendas dos dispositivos.

Segundo estudo da Consumer Intelligence Research Partners (CIRP), cada aparelho já representa uma fatia de 8% da quantidade total de iPhones existentes no mercado. Ou seja, em pouco mais de um mês, a dupla conseguiu uma fatia de quase 20% do mercado de iPhones. Com tais números, iPhone XS e XS Max ficam atrás do iPhone X (14%), iPhone 8 (16%) e iPhone 8 Plus (17%).

Pontapé de sucesso

A CIRP destaca que, atualmente, a Apple tem 10 modelos de iPhone à venda, o que torna ainda mais pulverizada as suas estatísticas de venda e mais contundente o desempenho do iPhone XS e do iPhone XS Max. Além disso, outro ponto interessante para ressaltar o sucesso de vendas da dupla é o fato de estes serem os iPhones mais caros já comercializados até o momento.

O estudo conduzido pela CIRP ouviu 500 clientes da Apple entre julho e setembro de 2018 e, apesar de ser um universo reduzido, não deixa de indicar uma tendência de sucesso dos novos iPhones. Será que vem um novo recorde por aí?

Cupons de desconto TecMundo: