Em 2013, a Motorola apresentou o Moto X e, com ele, uma novidade: a chamada Active Display, um recurso que ajuda a economizar bateria e facilita a visualização de hora, notificações e carga da bateria no dispositivo ao manter a tela sempre ativa — em suma, você vê as informações sem precisar desbloquear o aparelho. Ano passado, a Samsung trouxe uma função semelhante nos Galaxy S7 e S7 edge, a Always on Display.

Agora, ao que tudo indica, a Google também prepara uma novidade do tipo para a sua próxima geração de smartphones. Segundo verificado pelo pessoal do XDA Developers, os códigos da versão prévia do Android O mostram que a função de tela sempre ativa pode ser adicionada aos dispositivos Pixel 2 e Pixel 2 XL.

Vale lembrar que esse tipo de funcionalidade é mais amigável a displays feitos em AMOLED, pois eles permite que apenas alguns pixels sejam ligados, mantendo inativos todos aqueles que compõem a parte escura da tela. O Pixel já conta com essa tecnologia em sua tela, então, é provável que a nova geração repita o feito e esteja preparada para algo estilo AOD.

Pixel, o smartphone da Google, deve ganhar uma nova geração em breve.

Pixel 2

Ainda não se sabe quando a Google pretende anunciar o seu novo dispositivo, mas nós tivemos uma enxurrada de rumores sobre o Pixel 2 nos últimos dois meses. Foram publicadas diversas imagens de conceito do dispositivo e as apostas sobre a sua configuração variam — veja aqui e aqui.

O Pixel 2 (codinome Walleye) viria com Snapdragon 835, 3 GB de RAM, 64 GB para armazenamento interno e tela Full HD de 4,97 polegadas, equanto o Pixel 2 XL (codionome Taimen) seria equipado com o mesmo processador e a mesma quantidade de RAM, mas com tela de 5,99 polegadas com resolução 1440p e 128 GB para armazenamento.

Cupons de desconto TecMundo: