SP vacina idosos e professores contra a gripe nesta terça (11)

1 min de leitura
Imagem de: SP vacina idosos e professores contra a gripe nesta terça (11)
Imagem: Marcos Moura
Avatar do autor

Começa nesta terça-feira (11), no estado de São Paulo, a vacinação contra a gripe (vírus Influenza) em idosos (pessoas com 60 anos ou mais) e todos os professores da rede pública e privada. Definido para essa segunda etapa da campanha, o público-alvo soma cerca de 7,8 milhões de pessoas.

Como a meta da primeira etapa de vacinação contra a gripe no Estado ficou bem abaixo da meta de 90% de imunização, pessoas que integram o grupo, como crianças, grávidas, puérperas e trabalhadores da saúde, poderão também comparecer aos postos para receber o imunizante.

Apesar de as vacinas estarem disponíveis desde o início da campanha de vacinação, em 12 de abril, foram imunizados até agora: 978,4 mil crianças (29,6% da cobertura vacinal), 114,7 mil gestantes (26,2%), 21,4 mil puérperas (29,9%) e 342,9 mil profissionais da saúde. Também participantes do grupo, 3,7 mil indígenas (63,75%) já foram vacinados.

Gripe e covid-19

Fonte: Rovena Rosa/Agência Brasil/ReproduçãoFonte: Rovena Rosa/Agência Brasil/ReproduçãoFonte:  Rovena Rosa/Agência Brasil 

Segundo a diretora de Imunização da Secretaria de Saúde estadual, Nubia Araújo, “A gripe e a covid-19 são doenças respiratórias que circulam simultaneamente aqui no Estado. Por isso, toda medida preventiva é necessária para cuidar de si e do próximo. A vacina é totalmente segura e não causa gripe”.

Núbia também destacou, no comunicado à imprensa, a importância da vacinação contra a gripe, lembrando que, em 2020, o vírus Influenza foi responsável pela ocorrência de 809 casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em São Paulo, sendo 119 deles fatais.

Pessoas que fizerem parte tanto da campanha de vacinação contra a gripe quanto da covid-19 deverão optar. No caso da CoronaVac, a recomendação é esperar duas semanas após a segunda dose para se vacinar contra a gripe. Se for a vacina de Oxford, cujo intervalo entre as doses é 90 dias, a pessoa pode escolher se vacinar contra a gripe 14 dias antes ou 14 dias depois da primeira ou da segunda dose.

SP vacina idosos e professores contra a gripe nesta terça (11)