Vacinação contra a gripe começa em todo o Brasil; veja calendário

2 min de leitura
Imagem de: Vacinação contra a gripe começa em todo o Brasil; veja calendário
Imagem: Ministério da Saúde/Divulgação
Avatar do autor

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, do Ministério da Saúde, começou hoje (12) em todo o Brasil. A meta do órgão é imunizar pelo menos 90% dos grupos prioritários até 9 de julho, de um total de 79,7 milhões de pessoas.

Diferentemente dos anos anteriores, quando a vacina contra a influenza era aplicada primeiro nos idosos, o cronograma de 2021 prevê o atendimento começando por gestantes, puérperas (mulheres na fase pós-parto), crianças, trabalhadores da saúde e povos indígenas. Como a imunização contra a gripe ocorrerá simultaneamente à vacinação contra o novo coronavírus, o Ministério optou por atender maiores de 60 anos posteriormente.

As crianças já podem ser vacinadas contra gripe.As crianças já podem ser vacinadas contra a gripe.Fonte:  Rawpixel 

Dessa forma, a pasta acredita ser possível evitar aglomerações nos postos de saúde e o cruzamento entre os públicos-alvos de cada campanha. Além disso, o governo recomenda que os idosos tomem a vacina contra a covid-19 primeiro, devendo aguardar pelo menos 15 dias para receber a imunização contra a influenza.

Grupos prioritários

Neste ano, o Ministério da Saúde incluiu mais grupos entre os públicos prioritários para receber a fórmula que previne a gripe, além daqueles definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os grupos contemplados com a vacina gratuita na rede pública de saúde são:

  • gestantes e puérperas;
  • crianças com idade entre 6 meses e 6 anos;
  • trabalhadores da saúde;
  • indígenas;
  • idosos com idade igual ou superior a 60 anos;
  • professores;
  • pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
  • pessoas com deficiência permanente;
  • Forças Armadas;
  • forças de segurança e salvamento;
  • caminhoneiros;
  • trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros;
  • trabalhadores portuários;
  • funcionários do sistema prisional;
  • adolescentes e jovens que tenham entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas;
  • população privada de liberdade.

Calendário de vacinação contra a gripe em 2021

De acordo com o cronograma do governo federal, o atendimento ocorrerá em três etapas:

  • 12 de abril a 10 de maio: gestantes, puérperas, crianças, trabalhadores da saúde e povos indígenas
  • 11 de maio a 8 de junho: idosos e professores das redes pública e privada
  • 9 de junho a 9 de julho: outros grupos prioritários

A imunização acontecerá em mais de 50 mil postos em todo o Brasil. Na hora do atendimento, é preciso apresentar documento de identidade e/ou comprovante de inclusão nos grupos prioritários da campanha (exames, relatórios médicos, receitas etc).

Vacina trivalente x vacina tetravalente

A vacina da gripe oferecida na rede pública é a trivalente, contendo o vírus inativado H1N1, que pode provocar pneumonia e outras complicações em idosos, crianças e gestantes. Ela traz ainda outras duas cepas do influenza, H3N2 e influenza B.

A vacina é gratuita na rede pública.A vacina é gratuita na rede pública.Fonte:  Rawpixel 

Já na rede privada, é comercializada a vacina tetravalente, que tem uma cepa a mais do influenza B. Vale lembrar que nenhuma delas protege contra o Sars-CoV-2.

Vacinação contra a gripe começa em todo o Brasil; veja calendário