Vídeo cria viagem da Terra até buraco negro a 55 milhões de anos-luz

1 min de leitura
Imagem de: Vídeo cria viagem da Terra até buraco negro a 55 milhões de anos-luz
Imagem: Futurism/Reprodução
Avatar do autor

O Observatório Europeu do Sul (ESO) publicou um vídeo incrível de uma viagem da Terra até o buraco negro no centro da galáxia Messier 87 (M87). O percurso que duraria 55 milhões de anos-luz foi resumido em menos de um minuto.

Obviamente, a velocidade da jornada é muito mais rápida do que qualquer espaçonave construída pela humanidade até agora. Entretanto, o registro mostra como os astrônomos evoluíram em seus estudos sobre o universo.

O vídeo inicia no Observatório ALMA no Chile e é orientado pelas constelações de Virgem e Leão. Assim, ele inicia a aproximação até a M87 e mergulha no núcleo da galáxia supergigante.

No fim, o espectador encontra o primeiro buraco negro que os cientistas obtiveram uma imagem direta em 2019. Ao invés da antiga foto desfocada, agora é possível ver o recente registro que revela as trilhas giratórias do campo magnético.

Imagem do buraco negro divulgado pelo EHT.Imagem do buraco negro divulgado pelo EHT.Fonte:  ETH/Divulgação 

Nova imagem do buraco negro na Messier 87

Divulgada nesta semana, a nova imagem do buraco negro na M87 foi captada pela Event Horizon Telescope (EHT). Esse é o resultado do trabalho de uma equipe internacional com mais de 300 cientistas que usam uma rede de telescópios para realizar a observação.

Ao combinar dados de oito telescópios, os profissionais conseguiram ampliar a imagem até identificar os campos magnéticos. O trabalho é um marco importante e possibilita entender a física por trás da imagem registrada em 2019.

Segundo os pesquisadores, ela pode aumentar significativamente a nossa compreensão dos buracos negros. Principalmente, quando se trata dos jatos energéticos expelidos de seu núcleo – comportamento que ainda é um mistério para os astrônomos.

Vídeo cria viagem da Terra até buraco negro a 55 milhões de anos-luz