Atividade misteriosa é detectada no buraco negro do centro da Via Láctea

2 min de leitura
Imagem de: Atividade misteriosa é detectada no buraco negro do centro da Via Láctea
Avatar do autor

No centro da Via Láctea existe um buraco negro chamado Sagitário A  ou Sgr A* , uma estrutura colossal que, na maior parte do tempo, não apresenta grandes flutuações na liberação de energia. Entretanto, recentemente, cientistas detectaram algo muito estranho acontecendo por lá, quando, de repente, o buracão emitiu uma quantidade de luz 75 vezes superior às emissões normais e em seguida voltou à tranquilidade habitual.

Arrotão?

Obviamente, o buraco negro não brilhou feito um imenso farol no coração da galáxia, afinal não emite qualquer tipo de luz, mas foi detectado um pico de radiação incomum o suficiente para surpreender e chamar atenção dos cientistas aqui na Terra, que não sabem ao certo o que está acontecendo com o Sgr A*. Na verdade, o buraco negro jamais apresentou um pico com tanta intensidade assim.

A atividade foi identificada no dia 13 de maio, e uma equipe de astrônomos trabalhando no WM Keck Observatory, no Havaí, inclusive conseguiu capturar imagens do evento e condensar as 2 horas de observações no time-lapse que você pode conferir a seguir.

Segundo explicaram os cientistas, os buracos negros propriamente ditos não emitem luz; o brilho mais intenso que pode ser observado no começo do vídeo foi criado pela imensa fricção gerada pela força gravitacional do Sgr A* sobre a poeira e os gases cósmicos que circulam ao seu redor. Assim, foi essa movimentação que produziu a radiação  no espectro do infravermelho  que foi detectada pelo observatório e "traduzida" na forma do pulso luminoso.

A suspeita é que algo grande pode ter se aproximado muito do buraco negro, ter sido capturado por sua gravidade e "engolido" pelo Sgr A*, mas, como ninguém notou qualquer astro passeando perigosamente nas imediações do buraco negro, não se sabe o de fato que aconteceu.

Uma possibilidade é que se trate de uma nuvem de gás conhecida como G2, que pode ter chegado perto da "boca" do Sgr A* e sido parcialmente tragada por ele; outra seria que a força gravitacional exercida pela estrela S0-2, que percorre uma órbita elíptica ao redor do buraco negro a cada 16 anos, tenha alterado a dinâmica dos gases e "empurrado" maior quantidade deles para o interior do Sgr A*.

Para tentar desvendar o mistério, os cientistas estão coletando e analisando mais dados sobre a atividade do buracão negro, obtidos a partir de outros observatórios e telescópios, e deverão conduzir novas observações nas próximas semanas.

Todos estão muito ansiosos para descobrir o que pode ter acontecido com o Sgr A*. Assim que algo for divulgado, nós aqui do TecMundo compartilharemos com você!

***

Gostou do conteúdo? Estamos preparando novidades para torná-lo ainda melhor. Saiba mais aqui.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Atividade misteriosa é detectada no buraco negro do centro da Via Láctea