Não vivemos um grande momento para o bolso do brasileiro, mas nem por isso você precisa deixar de lado alguns hábitos de consumo — vários podem ser simplesmente modificados, como é o caso de uma nova forma de comércio envolvendo celulares.

Trata-se da compra e revenda de produtos usados, uma forma economia antes mais popularizada em setores como automobilístico e imobiliário.

Um dos passos para aquisição de um novo aparelho começa com a participação no programa de "buyback" das grandes operadoras e do varejo. Nesse sistema, o celular usado entra como parte do pagamento de um aparelho novo.

Uma das empresas que atua como intermediária nesses casos é a Brightstar, que pretende investir US$ 55 milhões na área de buyback e revender 400 mil celulares em 2016. Sob a observação dela, o aparelho passa por reparos técnicos e estéticos e é encaminhado para revenda em vários canais, como lojas online. Com esse formato de negócios, a Brightstar garante que é possível adquirir um modelo de iPhone a partir de R$ 199 com garantia de 90 dias, lacrado e com nota fiscal.

Você já comprou um celular usado? Deu tudo certo? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: