O canal do YouTube da fabricante Oukitel resolveu fazer um novo teste com o dispositivo Oukitel K6000, o celular com bateria de capacidade monstra de 6.000 mAh. Só que, desta vez, nada de teste de queda ou resistência a riscos: o aparelho foi testado contra nada menos que o fogo.

No teste, são colocados primeiro dois itens: uma lata de bebida e um celular com traseira de plástico. O primeiro recebe um rombo no teste, enquanto o smartphone é completamente consumido pelo fogo.

Quando chega a hora do Oukitel e sua traseira de liga de alumínio com bordas metalizadas, o equipamento aparenta apenas queimar o dispositivo, sem destruir a carcaça. Quando a tela é o alvo, ela aparenta mudar de cor rapidamente, mas funciona normalmente ao ser ligado de novo.

O objetivo da Oukitel é uma provocação contra rivais: mostrar que o smartphone não pegaria fogo espontaneamente, como aconteceu com alguns modelos, e não seria consumido pelas chamas, caso isso acontecesse.

Cupons de desconto TecMundo: