A ideia de utilizar eletricidade como alternativa à gasolina e ao etanol é uma ótima proposta para resolver a questão da poluição em cidades grandes e também reduzir a utilização de combustíveis fósseis, que provavelmente se tornarão escassos em alguns anos. Por esse motivo, é sempre bom saber que existem pessoas preocupadas com esta situação que tentam aprimorar projetos antigos pensando no futuro.

Pensando nesta problemática, estudantes australianos da Universidade de New South Wales (UNSW) desenvolveram um veículo capaz de atingir uma média de velocidade superior a 100 km/h em um percurso de 500 km com uma única carga na bateria.

Quebrando um antigo recorde

Este resultado superou a performance conquistada há 26 anos, de 73 km/h. É importante ressaltar que, apesar de este resultado ser considerado um recorde no país, ele ainda não passou pela aprovação e reconhecimento da FIA (Federação Internacional do Automóvel).

Os responsáveis pelo desenvolvimento do veículo elétrico são conhecidos como Sunswift Team. O grupo ficou famoso pela criação do Sunswift IVy, que garantiu o título do Guinness como o carro movido à energia solar mais rápido do mundo, alcançando a velocidade de 88,5 km/h. O modelo mais recente é o eVe, que consegue atingir a invejável marca dos 140 km/h e suportar uma viagem de até 800 km.