Dois malucos por armas resolveram fazer um teste em um vídeo para o canal deles no YouTube, chamado DemolitionRanch. Primeiro, eles resolveram comparar dois revólveres Magnum: uma pequena calibre 22 e uma gigante 500 Smith & Wesson. O que eles fizeram para testar o poder de fogo das duas foi atirar contra pacotes de folhas de papel, dessas típicas A4 que compramos para usar em impressoras.

No primeiro teste, a minúscula calibre 22 fez pouco estrago, apenas danificando a parte frontal do primeiro pacote de 500 folhas. Já a 500 Smith & Wesson fez um buraco considerável e atravessou dois pacotes, sendo capaz de furar mil folhas de papel sulfite.

Agora, um pouco mais forte

Para dar mais graça no teste, os dois apresentadores resolveram elevar um pouco o nível do tiroteio. Usando um rifle superpotente amarrado a tijolos e troncos, eles decidiram disparar à queima-roupa um projétil .50 BMG, um dos mais poderosos que existem. O resultado: nada menos que seis pacotes de papel foram atravessados antes de a bala perder a direção e sair pela lateral, atravessando assim o sétimo calhamaço. Ao todo, quase 3,5 mil folhas de papel sulfite foram perfuradas pela munição poderosa.

Para o gran finale, uma bala .50 perfurante e incendiária foi disparada contra as folhas de papel, e o resultado foi parecido: sete pacotes foram atravessados, uma espessura impressionante mesmo para esse tipo de munição.

Uma bala calibre .50 consegue atravessar 3,5 mil folhas de papel. Comente no Fórum do TecMundo