iOS 7.1 aponta para leitor de impressões digitais para iPads

1 min de leitura
Imagem de: iOS 7.1 aponta para leitor de impressões digitais para iPads
Avatar do autor

Um pedaço de código encontrado no kit de desenvolvimento biométrico para iOS 7.1 por um desenvolvedor francês sugere que o recurso de leitor de impressão digital pode estar presente na versão do próximo modelo de iPad. Espera-se que ele seja usado em pelo menos uma das versões de tablets da empresa a serem lançados – o iPad 2 ou o iPad mini.

Essa referência no código para o uso do Touch ID (leitor de impressões digitais) está disponível desde versões anteriores no kit de desenvolvimento. Porém, o site MacRumors aponta esta descoberta como uma indicação de que a Apple está trabalhando para o suporte à tecnologia biométrica no tablet, visto que o trecho do código não foi corrigido.

Além disso, o rumor reforça as previsões levantadas no início do mês de abril pelo analista Ming-Chi Kuo, da KGI Securities, de que o iPad a ser lançado este ano contará com o sensor de impressões digitais. Kuo tem um histórico impressionante de palpites certeiros, como o de ter previsto toda linha de lançamentos da empresa em 2013 com meses de antecedência e, no ano anterior, revelado a chegada de produtos antes de qualquer um.

A descoberta do código

A Apple classifica seus dispositivos iOS em três famílias, com o iPhone/iPod recebendo um código de designação "1", o iPad recebendo um "2" e a Apple TV classificada como "3". O BiometricKit (kit para desenvolvedores integrarem seus produtos ao Touch ID) está mostrando a compatibilidade com ambas as famílias 1 e 2.

De olho nas vendas

Um leitor de impressões digitais faria bastante sentido para a Apple, que demonstra interesse em entrar profundamente no mercado de pagamentos por meio de dispositivos móveis. A exemplo da Amazon, que obteve bastante sucesso transformando a plataforma Kindle Fire num portal de compras, o Touch ID facilitaria para os usuários consumirem na Apple Store com maior facilidade e segurança.

A Apple revelou durante seu relatório de lucros trimestrais deste ano que agora tem mais de 800 milhões de usuários com contas do iTunes e a grande maioria deles tem registrado seus cartões de crédito na loja online. Muitos analistas concordam que há um grande potencial inexplorado que a Apple pode usar para gerar ainda mais receita se tiver sucesso em criar um ecossistema de dispositivos móveis para pagamentos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
iOS 7.1 aponta para leitor de impressões digitais para iPads