A câmera do Nexus 5 prometia, mas decepcionou muita gente. (Fonte da imagem: Reprodução/Static.thefullsignal)

Em comparação com outros sistemas operacionais, a câmera do Android pode ser considerada um dos pontos fracos do software por uma quantidade considerável de pessoas. A própria Google chegou a afirmar que isso mudaria com o lançamento do Nexus 5, mas o aplicativo em questão do aparelho acabou decepcionando — tanto que a companhia se viu obrigada a lançar atualizações.

Contudo, de acordo com informações vazadas por um engenheiro do próprio Android, chamado Josh Brown, a gigante de Mountain View está trabalhando em uma nova API para o programa de câmera do seu sistema operacional mobile. Além disso, o foco é para a versão 4.4 KitKat, mas não há uma data exata para o lançamento da atualização.

Poderia ter aparecido antes

Assim como o site Arstechnica explica, parece que a nova API deveria ter sido oferecida junto com o Android 4.4 KitKat, quando o sistema começou a ser disponibilizado para alguns aparelhos. No entanto, a Google deve ter “congelado” a novidade para que houvesse tempo de corrigir outros bugs e fazer com que o funcionamento do programa ficasse mais estável.

Por conta dos dados que puderam ser encontrados sobre a novidade, foi possível constatar que a nova API deve levar diferentes recursos de câmera para o Android. Entre eles está o controle de captura de frames por segundo e de processamento de parâmetros, assim como também conta com a capacidade de comprimir arquivos em JPEG.

Suporte para RAW e outras câmeras

Outra característica importante é o fato de que a câmera passaria a trabalhar com o formato RAW, abrindo diferentes (e boas) possibilidades de utilização para quem trabalha com fotografia ou leva este passatempo a sério. O reconhecimento de faces também deve ser inserido, com a habilidade de o app gravar uma espécie de identidade para cada rosto que for salvo.

A parte mais curiosa, por assim dizer, é que há traços de programação voltados para o reconhecimento de câmeras externas, algo que já foi utilizado na época “pré-smartphones” e que não é mais tão comum assim. Contudo, é claro que não podemos confirmar todas essas características e recursos, já que eles ainda são boatos. Por conta disso, é necessário esperar pelo pronunciamento oficial da Google.

E aí, o que você achou dessa provável novidade?

Cupons de desconto TecMundo: