As fabricantes de smartphones não dão folga aos consumidores: aparelhos lançados há poucos meses correm o risco de ficarem logo obsoletos. É comum, desta forma, que celulares usados sejam rapidamente vendidos. Mas tão rápido quanto o lançamento de celulares mercado afora é o negócio feito online: serviços que exigem borbotões de informação sobre os donos de aparelhos colocados à venda estão também sendo deixados de lado.

E este fenômeno tem sido, naturalmente, acompanhado por empreitadas comerciais que correm neste agitado ritmo: sob o nome de “recommerce” (comércio de itens usados), a prática invadiu sites brasileiros e agora mostra-se como atividade adequada a negociadores que pretendem vender seus smartphones de forma rápida e descomplicada.

"Nosso objetivo é chegar a pessoas que querem trocar o celular que está parado e não têm paciência para lidar com sites de compra convencionais, nos quais é necessário ficar respondendo uma série de perguntas", diz Gustavo Bohn, fundador do Uzlet. Ao notar uma tentativa de fraude durante a negociação de um notebook, Guilherme Macedo decidiu então criar o site Ziggo para agilizar as negociações online.

Com o mesmo objetivo, o endereço Brused mostra-se eficiente a pessoas que desejam comprar ou vender aparelhos da Apple. Para Bruno Fuschi, sócio do site dedicado à comercialização de produtos da Maçã, os dispositivos iOS podem ser facilmente vendidos – o que justifica a criação de um espaço dedicado para compras online.

Quer comprar um celular usado?

A forma de negociação adotada pelos três sites mencionados é semelhante. Se você deseja comprar um celular usado, categorias específicas devem ser exploradas junto às lojas virtuais. Filtros como por marca e por estado de conservação, por exemplo, podem ser consultados pelos internautas. São opções de pagamento transferências feitas diretamente via conta bancária, boleto, PagSeguro, PayPal e outras.

Como anunciar um smartphone

Para que seu smartphone seja anunciado junto aos sites, um rápido cadastro deve ser feito. Ao informar seus dados aos serviços, um orçamento irá avaliar de antemão quanto seu aparelho vale. Detalhes quanto ao estado de conservação e sistema do gadget são levados em conta. Se o vendedor aceitar o preço sugerido pelos portais, o celular pode ser então colocado à venda.

Feita a negociação, o dispositivo é enviado via Correios, avaliado pela empresa e, assim, acaba sendo finalmente vendido. Atenção: este processo pode apresentar variações de site para site de vendas de celulares usados. Clique sobre os links a seguir e acesse os endereços de Uzlet, Ziggo e Brused.