(Fonte da imagem: iStock)

Trocar de celular não é uma tarefa fácil, principalmente quando você é pouco ligado no mundo da tecnologia. Isso porque hoje temos tantas linhas de aparelhos com diferenças tão pequenas que até mesmo os mais atentos podem simplesmente deixar algo passar.

Pensando nisso, o Pitzi entrou em contato com o Tecmundo e nos mandou uma lista de dicas que podem ser de grande ajuda na hora de comprar um aparelho. Confira logo abaixo algumas delas.

Tamanho não é tudo

À primeira vista, o aparelho que pode parecer melhor é aquele com a maior tela. Porém, esse é um dos pontos menos importantes em todo o “processo de escolha”, pois uma tela grande não quer dizer que, necessariamente, ela é boa.

(Fonte da imagem: iStock)

Na hora de escolher um aparelho, o melhor é checar se ele possui uma boa taxa de ppi (“pixels per inches” ou “pixels por polegada”, em português): o celular deve ter pelo menos 250 e 300 ppi para ser considerado bom, enquanto algo perto de 200 quer dizer imagens serrilhadas de baixa qualidade.

Se quiser saber outros fatores importantes na hora de analisar a tela, basta clicar aqui.

Velocidade de resposta

De nada adianta ter um smartphone com alta qualidade gráfica se ele possui atraso nos comandos feitos por você. Para isso, basta testar o aparelho por alguns segundos, arrastando telas de um lado a outro e abrindo aplicativos. Se o tempo de resposta for ruim, é melhor procurar outro modelo.

Touchscreens e fragilidade

Se você é uma pessoa estabanada e possui um celular com teclado físico, apostar em um aparelho com telas de toque pode não ser uma boa ideia. Isso porque touchscreens são bastante frágeis mesmo com o famoso Gorilla Glass; logo, uma única queda pode trazer grandes prejuízos.

Se o seu celular atual está nesse estado, é melhor ficar longe dos aparelhos com touchscreen (Fonte da imagem: iStock)

Sistema operacional

Atualmente, o mercado de smartphones conta com quatro sistemas operacionais distintos para você escolher: Android, BlackBerry, iOS e Windows Phone. Cada um deles tem características próprias, como mais aplicativos disponíveis, interface voltada para executivos ou maior estabilidade. Resta a você testar e descobrir qual se encaixa melhor ao seu gosto.

Qualidade de áudio e vídeo

Tirar fotos e gravar vídeos são dois dos principais usos dos aparelhos celulares atuais. Por isso, é essencial testar a câmera do dispositivo e checar se ele é capaz de filmar em alta resolução. E não se deixe enganar pelo número de megapixels, pois isso não quer dizer necessariamente maior qualidade.

(Fonte da imagem: iStock)

Entretanto, mesmo os mais atentos à qualidade de um celular costumam se esquecer de testar seu desempenho na hora de tocar músicas. Aqui, é importante analisar esse quesito tanto com quanto sem os fones de ouvido que vêm com o aparelho.

Também é recomendável pesquisar as outras funcionalidades do aparelho em ambos os quesitos para ter certeza de que ele possui tudo o que você pretende usar – ou pelo menos o básico para conseguir filmar, tirar fotos e ouvir músicas com um mínimo de qualidade.

(Fonte da imagem: iStock)

.....

Seguindo dicas como essas, você não deve ter grandes problemas para conseguir escolher um celular de boa qualidade – ou ao menos pode evitar a compra de um aparelho ruim.

Cupons de desconto TecMundo: