Sonar para cegos traduz distância de objetos em pressão para a mão do usuário

Aparelho consegue perceber objetos a até 3,5 m de distância e cabe na palma (ou nas costas) da mão.
  • Visualizações6.100 visualizações
Por Paulo Guilherme em 24 de Agosto de 2011

Project Tacit: Sonar For The Blind from Grathio Labs on Vimeo.

Nos últimos anos, a tecnologia conseguiu inventar dispositivos para melhorar em muito a qualidade de vida de pessoas com problemas físicos, enquanto pouco pode ser feito para ajudar os deficientes visuais, seja por falta de tecnologia ou por custos elevados. Mas isso está para mudar com a criação de aparelhos como o Tacit, um sonar portátil que avisa a proximidade do usuário a outros objetos com sinais por pressão.

O equipamento é a evolução de um projeto anterior de Steve Hoefer, que consistia em uma faixa de cabeça com sensores, mas que, de acordo com ele, era alto demais para perceber a maioria dos obstáculos, além de deixar os usuários incomodados em poucos segundos de uso. A solução para ele foi montar o equipamento na forma de uma luva, permitindo que o deficiente apontasse para onde quisesse.

Embora o projeto seja surpreendente, o próprio Steve admite que o dispositivo ainda é um protótipo que pode ter muitas melhoras, como o uso de peças menores para diminuir seu tamanho pela metade. Outro exemplo dado por ele foi a criação de um melhor sistema para que os deficientes possam trocar a bateria do Tacit com mais facilidade.

(Fonte da imagem: Grathio Labs)

Steve também diz, no site Grathio Labs, que podia fazer certas melhorias com facilidade, mas preferiu manter o equipamento como está pois seu foco é usar apenas peças que não tornem o protótipo pouco acessível para quem quiser investir na montagem do aparelho. Mesmo assim, o Tacit funciona bem, dando avisos a distâncias que vão de 2 cm a 3,5 m e ainda tendo uma ótima curva de aprendizado: bastam alguns segundos para utilizá-lo com perfeição.

Para quem ficou interessado em criar um equipamento desses, basta clicar aqui para ser levado ao site de Steve, onde há um passo a passo completo das peças e como montar um Tacit, além de toda a programação necessária para que o dispositivo funcione.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!