Popular nos anos 80, Amiga é relançado em forma de minicomputador de ponta

Computador da Commodore embarca configuração impressionante e é indicado para gamers, mas o preço é bem salgado.
  • Visualizações10.198 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 22 de Março de 2012

Novo Amiga: superconfiguração por um preço bem salgado. (Fonte da imagem: Divulgação/Commodore)

A fabricante canadense Commodore vai relançar seu computador Amiga, bastante popular duas décadas atrás. Agora, porém, nada de gabinetes espaçosos, pois a máquina virou um belo mini-PC com uma configuração impressionante. Além disso, a novidade é toda feita de alumínio e se parece bastante com um Mac Mini.

Dentro do pequeno notável está a seguinte configuração:

  • Processador Intel Core i7 Sandy Bridge de 3,5 GHz;
  • Placa de vídeo NVIDIA GeForce GT 430 de 1 GB;
  • 16 GB de memória RAM;
  • Leitor de Blu-ray; e
  • Disco rígido de 1 TB.

Além disso, fica a gosto do freguês contar também com um SSD de 300 GB ou de 600 GB para inicialização mais rápida do sistema e de aplicativos. O equipamento, que mede cerca de 20 cm², é capaz de utilizar até três monitores simultaneamente.

O sistema operacional que roda no novo Amiga é o Vision, uma distribuição de Linux criada pela própria Commodore. Quem quiser ter esta belezinha sobre sua mesa, porém, deve se preparar para quebrar o porquinho: uma peça do novo minicomputador custa exatos US$ 2.495 (cerca de R$ 4,5 mil).

Mais um relançamento

C64x Supreme: outro relançamento da Commodore (Fonte da imagem: Divulgação/Commodore)

Segundo o Gizmodo, outra novidade apresentada pela Commodore é o relançamento do C64. Mantendo o visual retrô, o equipamento recebeu o nome de C64x Supreme e traz as seguintes configurações:

  • Processador Intel Atom Dual Core de 2,13 GHz;
  • Placa de vídeo NVIDIA GeForce GT 520 de 512 MB;
  • Memória RAM de 4 GB; e
  • Disco rígido de 1 TB.

Um pouco menos salgado, este modelo custa US$ 1.295 (algo em torno de R$ 2,3 mil). Ambas as máquinas deve estar disponíveis para compra dentro de um mês.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!