Se você tem curiosidade de saber como é trabalhar nas lojas físicas da Apple, chegou a hora de sanar suas dúvidas com as declarações de um ex-funcionário que revelou muitas informações sobre seu antigo emprego em uma sessão de Ask Me Anything (“Pergunte-me qualquer coisa”) no Reddit.

Tirando uma média de tudo que o ex-funcionário não identificado revelou, estar empregado como funcionário de uma Apple Store tem seus altos e baixos, como qualquer trabalho normal, e não chega a ser um sonho, nem um pesadelo. A maioria dos pontos negativos, no entanto, são causados muito mais por causa dos clientes do que da empresa.

O lado bom

O pagamento não é um problema para um funcionário de uma Apple Store. Segundo o relato, os empregados das lojas são bem pagos, começando com valores como US$ 30 por hora, em torno de R$ 120, e em certos estados esse pagamento chega a US$ 40 por hora, aproximadamente R$ 160. Em termos de loja de varejo, é um valor bem acima da média nos Estados Unidos.

Por causa do processo extremamente complicado de seleção para virar funcionário da loja, os colegas de trabalho geralmente são muito legais e bons trabalhadores. O ex-funcionário disse que nunca se sentiu menosprezado por superiores e que sempre foi muito bem tratado e aceito por seus colegas.

O lado ruim

Clientes chatos. Segundo o informante, o maior problema de trabalhar em uma Apple Store são os consumidores que pegam no pé dos vendedores e fazem da vida deles um inferno. Frases insuportáveis como “Então vou comprar um Android”, “Vocês conseguem me fazer um bom desconto?”, “Posso usar o seu desconto de funcionário?” e “Quantos anos você tem?” conseguem tirar do sério o funcionário mais paciente da Apple.

Pessoas tentando roubar os aparelhos em exposição na loja de todas as maneiras possíveis também dão um grande trabalho para os funcionários. Além disso, muitos têm que lidar com dispositivos que clientes levam para ser “consertados” e estão ou extremamente danificados, alguns até com marcas de munição de armas de fogo, ou completamente imundos e nojentos.

O lado... estranho

Há também alguns clientes que causam situações estranhíssimas, para dizer o mínimo, e bastante desconfortáveis para os atendentes. Um deles, reclamando que o Safari de seu iPhone estava travando, tinha mais de trinta abas do navegador abertas acessando conteúdo pornográfico simultaneamente.

Outro cliente entregou um iPhone para verificação do funcionário cheio de fotos dos seios de uma mulher. Sua explicação foi tocante e estranha ao mesmo tempo: sua esposa precisou fazer uma mastectomia para se livrar de um câncer de mama e o marido saudoso quis guardar o máximo possível de fotos para não esquecer nunca.

.....

No fim das contas, como todo emprego por aí, em média, trabalhar em uma Apple Store tem seus altos e baixos e vai da pessoa colocar em uma balança os pontos positivos e negativos. Seja como for, a experiência parece ser, no mínimo, uma boa fonte de histórias interessantes.

Você gostaria de trabalhar em uma Apple Store? Comente no Fórum do TecMundo