Recentemente, a Yahoo! se viu em meio a um escândalo que nenhuma empresa de tecnologia gostaria de estar. Depois da notícia de que um roubo de credenciais dos servidores da empresa resultou no vazamento de dados de 500 milhões de usuários, surgiu a informação de que a empresa também tinha dado acesso a contas para o governo dos EUA.

Por causa disso tudo, há até mesmo a possibilidade de a Verizon cancelar a compra da empresa. E novas informações nos mostram que esta história trágica ainda está longe de chegar ao fim. Nesta semana, a própria Yahoo! confirmou que alguns funcionários já sabiam dos ataques em 2014 — e não fez nada para avisar os usuários dos riscos.

Um ataque state-sponsored

Em um documento enviado ao governo americano, a Yahoo! diz: "A companhia identificou que um ator 'state-sponsored' (patrocinado por algum estado) teve acesso à rede da Yahoo! no final de 2014". Apesar disso, não há detalhes sobre quais funcionários sabiam disso e quais foram as instruções da empresa para eles.

Ainda não há detalhes sobre quais funcionários sabiam disso e quais foram as instruções da empresa para eles

De acordo o Financial Times, uma pessoa próxima à investigação revelou que, por causa da natureza sofisticada deste "state-sponsored", a empresa não conseguiu ter uma resolução completa do que estava acontecendo naquela época. O que não fica claro são os motivos pelos quais a Yahoo! não fez nenhum alerta na época.

Será que a essa história pode terminar bem para a Yahoo!?

Cupons de desconto TecMundo: