Nas últimas semanas, a Yahoo! voltou aos holofotes por motivos que poucas empresas gostariam de ser destacadas: o vazamento de 500 milhões de senhas de seus usuários, todas roubadas por hackers.

Agora, a empresa volta a ser foco por causa de segurança e privacidade. E novamente: não de um jeito que os executivos e investidores gostariam!

Isso acontece porque informações conseguidas pela Reuters apontam para supostas liberações totais de acesso dos emails dos usuários da Yahoo para órgãos do governo dos Estados Unidos.

Pois é... A Yahoo! teria liberado o acesso das contas para agentes do FBI e da NSA, todos com acesso total às contas de email e às mensagens trocadas por elas. No total teriam sido varridas centenas de milhões de contas da Yahoo! durante o processo — de usuários de todo o mundo, não apenas de usuários norte-americanos.

De acordo com a imprensa dos Estados Unidos, isso aconteceu por causa de pedidos judiciais do governo dos EUA. Mesmo assim, fica a dúvida de quais seriam os motivos pelos quais a Yahoo! liberou o acesso total às contas, em vez de ceder informações apenas daquelas que teriam algum peso em investigações.

Também há informações de que quem aceitou os termos foi a própria CEO Marissa Mayer, sendo essa umas das razões pelas quais Alex Stamos (chefe de segurança digital da empresa) teria deixado a empresa no ano passado. Será que isso tudo vai ser confirmado em breve?

Cupons de desconto TecMundo: