O Windows 8 já ganhou até pacote de atualizações oficial, o chamado Windows 8.1. Isso, no entanto, não impediu que um problema continue aparecendo nos computadores que trazem o sistema operacional instalado.

De acordo com relatos de alguns leitores do Tecmundo, de uma hora para a outra o Windows 8 passa a marcar o disco rígido como 100% em uso, algo que causa uma lentidão absurda no computador e acaba resultando em diversos travamentos, praticamente impossibilitando o uso do PC.

Sabendo do caso, basta que você realize algumas pesquisas na internet para encontrar centenas de pessoas citando o mesmo problema e buscando soluções. Se a pesquisa for feita em inglês, então, você consegue apurar que não se trata de algo isolado, ou seja, usuários do mundo todo parecem ter a mesma dificuldade.

Que bug é esse?

Fóruns de discussão apontam diversas causas para o problema. Enquanto algumas pessoas só percebem o bug após diversos meses de uso, outras mal conseguem utilizar o computador com o Windows 8 e já começam a experimentar tal dificuldade.

Ao que tudo indica, os casos incidem mais em notebooks do que em desktops e podem surgir tanto nas atualizações do sistema operacional como também de um dia para o outro. Não percebemos distinção entre as versões 32 e 64 bits, ou seja, o problema pode surgir em qualquer versão do SO.

Possíveis causas

As causas são desconhecidas e não encontramos nenhuma declaração oficial da Microsoft sobre esse tipo de problema. O Tecmundo inclusive entrou em contato com a assessoria de imprensa da companhia no Brasil, porém, até o fechamento do artigo, nenhuma explicação nos foi passada.

Achei o bug! (Fonte da imagem: iStock)

Entre os “palpites” sugeridos por usuários em sites de discussão internacionais, estão incompatibilidade com o antivírus, dados e problemas no registro que causam instabilidade no sistema operacional e tamanho diminuto da memória virtual do sistema operacional.

Dessa forma, soluções provisórias para o problema também pipocam na rede. Ainda que cada pessoa cite uma forma diferente e uma resolução distinta para o caso, vale tentar alguma das ideias apresentadas a seguir para que o seu computador volte a funcionar corretamente.

Limpe o seu HD

Primeiro de tudo, faça um processo completo de desfragmentação em todos os discos rígidos do seu PC. Uma boa alternativa de programa para fazer isso com agilidade e bons resultados é o Auslogic SmartDefrag. Lembre-se de utilizar a função de trabalho completo.

Em seguida, lance mão de um programa capaz de realizar uma limpeza no seu computador. Aplicativos como o CCleaner, por exemplo, são capazes de ajudar bastante nesse sentido – inclusive permitindo que você realize uma varredura no Registro do Windows.

Será o antivírus? 

Caso essa faxina não ajude, uma boa alternativa pode ser experimentar um novo antivírus, uma vez que problemas de incompatibilidade são capazes de atrapalhar bastante. Assim, lance mão de um software como o Revo Uninstaller para remover completamente o seu antigo programa e experimente alguma nova opção para ver se o caso é resolvido.

Redefina o tamanho da memória virtual

Outra solução apontada por algumas pessoas é apontar manualmente o tamanho da memória virtual utilizada pelo sistema operacional. Por padrão, o Windows 8 utiliza um método de gerenciamento e detecção automática, mas é possível determinar tudo manualmente.

Configurações avançadas (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Assim, vá até o “Painel de Controle” e abra a seção “Sistema e Segurança”. Em seguida, clique no botão “Configurações avançadas do sistema”, localizado na parte esquerda da tela. Uma nova janela será aberta. Ali, clique na aba “Avançado” e, na área “Desempenho”, aperte no botão “Configurações”.

Configurações avançadas (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Mais uma janela se abrirá e novamente você deve ir à aba “Avançado”. Na área “Memória Virtual” clique no botão “Alterar...”. Agora, desmarque a opção “Gerenciar automaticamente o tamanho do arquivo de paginação de todas as unidades”.

Ajustando a memória virtual (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Isso fará com que a parte de baixo da janela fique acessível. É ali que você é capaz de gerenciar a memória. Antes de tudo, no entanto, marque a unidade que contém o chamado arquivo de paginação, pois é essa partição que conta com o sistema operacional instalado. Agora, clique no botão “Tamanho personalizado”.

Ajustando manualmente (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Feito isso, você é capaz de apontar o tamanho inicial e o tamanho máximo de uso da memória virtual. O recomendado é que você marque, como mínimo, um espaço igual ao tamanho da sua memória RAM instalada no seu computador. Ou seja, se você tem 4 GB de RAM, aponte também os mesmos 4 GB como memória virtual.

Dica do leitor Marcio Feitosa

.....

E aí, alguma das nossas dicas ajudou? Você já teve ou conhece alguém que tenha tido esse tipo de problema no Windows 8? Não deixe de compartilhar a sua experiência contando qual era o bug encontrado e como a situação foi resolvida. Até a próxima.

 

Cupons de desconto TecMundo: