Opera lança navegador com IA Aria para Android

1 min de leitura
Imagem de: Opera lança navegador com IA Aria para Android
Imagem: Reprodução/Opera

A Opera Software anunciou na última quinta-feira (22) a sua versão móvel do navegador Opera One com a IA generativa Aria integradarestrita, por enquanto, aos usuários de Android. Chamada pela empresa de IA de bolso, a tecnologia é resultado de uma parceria com a OpenAI, a criadora do ChatGPT.

Em um comunicado no site da empresa norueguesa, o vice-presidente de produtos do Opera para Android, Stefan Stjernelund, disse que a ideia é que “os usuários possam ter uma ferramenta de IA nativa como a Aria quando estiverem em trânsito”.

Integrada ao navegador, a IA Aria é oferecida gratuitamente, tanto na versão desktop como na versão para Android. No Opera, a IA utiliza a própria infraestrutura do Composer para se conectar diretamente à tecnologia GPT da OpenAI. Isso significa que os usuários "treinam" a inteligência artificial ao mesmo tempo que realizam buscas, geram textos e recebem respostas às suas consultas de produtos.

Como funciona a IA Aria na versão móvel do Opera?

Embora venha de forma nativa no navegador, a IA do Opera pode ser totalmente controlada pelos usuários, que podem ou não aceitá-la. Mas quem utilizar poderá receber, no dispositivo móvel, os mesmos insights e respostas inteligentes que recebem na versão desktop, além de respostas a comandos de voz.

Quando os usuários do Opera abrem links com a nova IA, um pequeno balão da Aria aparece no navegador com a nova guia. Dessa forma, é possível voltar facilmente à conversa em andamento com a IA. Novos links no mesmo chat são abertos em guias novas, sem ter que procurar a guia do Aria no navegador.

Para usar a Aria – já liberada em mais de 180 países, inclusive no Brasil — basta que o usuário faça o login em sua conta Opera. Feito isso, é só abrir a IA no menu principal, e começar a utilizar suas funcionalidades no seu celular.

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.