Android 12: veja principais bugs encontrados no sistema

1 min de leitura
Imagem de: Android 12: veja principais bugs encontrados no sistema
Imagem: Google/Divulgação
Avatar do autor

A versão final do Android 12 está sendo disponibilizada para donos dos celulares Google Pixel. Contudo, muitos usuários estão enfrentando vários bugs após a atualização para o sistema operacional móvel.

Os relatos mais comuns são sobre apps que travam ou estão com desempenho abaixo do esperado após a chegada da nova plataforma. Em algumas ocasiões, a redefinição para as configurações de fábrica não é suficiente para resolver os problemas.

Relatos dos usuários dos dispositivos Pixel são registrados em fóruns do Google.Relatos dos usuários dos dispositivos Pixel são registrados em fóruns do Google.Fonte:  Gizchina/Reprodução 

Um dos bugs mais preocupantes do Android 12 está relacionado a vida útil da bateria. Em fóruns do Google, alguns donos de smartphones da linha Pixel revelam que as baterias dos dispositivos estão sendo drenadas rapidamente.

Outra reclamação frequente é sobre o recurso de reconhecimento facial para o desbloqueio dos aparelhos. Em alguns casos, a função para de funcionar e os usuários são forçados a apagar o perfil cadastrado e criar outro.

Também há relatos sobre os celulares ficando com a tela totalmente preta durante as chamadas e dificuldades para acessar o menu de Configurações Rápidas do Android 12.

Resposta do Google

Conforme o Google, as falhas são problemas de compatibilidade dos apps com o Android 12. A empresa alega que alguns softwares ainda não têm versões otimizadas para o novo sistema e, por esse motivo, travam ou não podem ser executados.

No momento, o Android 12 está disponível para poucos dispositivos além dos modelos Pixel. As principais fabricantes de smartphones, como Samsung, Xiaomi e Realme, já estão testando as versões beta das próprias interfaces baseadas no sistema operacional.

Vale citar que os bugs iniciais são comuns em softwares recém-lançados, como tem acontecido com o Windows 11 e o iOS 15. Para usuários que usam os celulares Android para trabalho, a recomendação é aguardar um pouco mais para realizar a atualização.