Windows 11: veja o que será removido do sistema operacional

2 min de leitura
Imagem de: Windows 11: veja o que será removido do sistema operacional
Imagem: Microsoft/Reprodução
Avatar do autor

A Microsoft revelou ontem (24) o Windows 11, nova versão do sistema operacional mais popular do mundo. O software, que chegará gratuitamente no final de 2021 para quem utiliza o Windows 10, apresenta um visual mais moderno, suporte multitelas, aplicativos Android na loja de apps e mais novidades.

Apesar das adições, o programa de computador também terá várias baixas. A gigante da tecnologia anunciou que mais de 15 funções presentes no SO atual serão simplesmente removidas ou não serão mais instaladas nativamente.

Entre as principais remoções está a Cortana, a inteligência artificial que não será mais incluída na inicialização e nem estará fixada na barra de tarefas. Outra ausência marcante é o Internet Explorer, que a empresa já havia anunciado a desativação.

Confira, a seguir, as principais ferramentas que serão eliminadas no futuro sistema operacional. Para conferir a lista completa, acesse o site oficial da Microsoft.

Cortana

De acordo com a Microsoft, a Cortana não “será mais incluída na primeira experiência de inicialização ou fixado na barra de tarefas”. A inteligência artificial era utilizada na configuração inicial do sistema, tarefa que não será mais cumprida por ela.

Cortana

Internet Explorer

O tradicional navegador será desativado somente em 15 de junho de 2022, mesmo assim não estará mais no Windows 11 no final deste ano. “Microsoft Edge é a substituição recomendada e inclui o modo IE, que pode ser útil em determinados cenários”, diz a empresa.

Internet Explorer

Menu Iniciar

Segundo a Microsoft, as seguintes alterações foram realizadas no novo Menu Iniciar:

  • Grupos nomeados e pastas de aplicativos não têm mais suporte e o layout não é redimensionável no momento;
  • Aplicativos e sites fixados não serão migrados durante o upgrade do Windows 10;
  • Os Blocos dinâmicos não estão mais disponíveis. Para utilizar os conteúdos dinâmicos e visíveis, será preciso consultar o novo recurso Widgets.

Windows 11O Menu Iniciar terá uma versão centralizada no Windows 11

Modo Tablet e Modo S

O Modo Tablet, que permite utilizar o computador como se fosse um tablet, foi removido por completo. Para substituir, o Windows 11 terá novas funcionalidades para acoplar e desacoplar o teclado.

O Modo S, execução que projeta mais segurança e desempenho executando somente apps da Microsoft Store, estará disponível somente no Windows 11 Home.

Modo Tablet

Aplicativos que não serão mais instalados

A Microsoft explicou que além do Internet Explorer, alguns outros softwares não serão mais instalados durante a instalação limpa do Windows 11. Apesar disso, os programas estarão na loja virtual de apps. São eles:

  • Visualizador 3D;
  • OneNote para Windows 10;
  • Paint 3D;
  • Skype;

A remoção do Skype faz bastante sentido, já que o novo sistema operacional terá o Microsoft Teams integrado. Com isso, o programa de videoconferências mais antigo deixará de ter prioridade.

Windows 11: veja o que será removido do sistema operacional