Windows 11 vai deixar Skype de lado e favorecer Microsoft Teams

1 min de leitura
Imagem de: Windows 11 vai deixar Skype de lado e favorecer Microsoft Teams
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

O Windows 11 deve marcar o fim da integração forçada do sistema operacional da Microsoft com o mensageiro Skype. Segundo o site Windows Latest, uma das ausências sentidas na build vazada da plataforma é o mensageiro usado para chamadas em áudio e vídeo.

Aparentemente, o Skype não virá mais pré-instalado, embora ainda seja disponibilizado para download na Microsoft Store para interessados. O botão de atalho de reuniões no serviço, que aparecia na barra de tarefas do Windows 10, também sumiu.

No lugar, a Microsoft deve priorizar a integração de serviços e a publicidade em relação ao Teams, a plataforma de comunicação que vale tanto para meios corporativos e educacionais quanto para chats rápidos.

Cada vez menos relevância

Lançado oficialmente em 2003, o Skype foi adquirido pelo site de comércio eletrônico eBay dois anos depois. Em 2009, o controle passou para um grupo de investidores e, após mais dois anos, a Microsoft assumiu a marca por US$ 8,5 bilhões.

Apesar de estar no mercado há bastante tempo, a plataforma não conseguiu se fortalecer e virar uma alternativa de comunicação na pandemia da covid-19. Pelo contrário, o app perdeu ainda mais espaço para serviços como WhatsApp, Zoom, Google Meet e o próprio Microsoft Teams.

Ainda assim, no ano passado, o Skype ganhou uma inesperada integração nativa no Windows 10 para videochamadas e um botão de criação rápida de conversas em vídeo.

Anote na agenda!

Vale lembrar que a build vazada do Windows 11, que teve um hands-on publicado pelo TecMundo, pode não corresponder a todas as novidades da versão estável.

Entre outras atualizações, a plataforma traz novos recursos visuais, que inclui um design atualizado da Área de Trabalho, além de novos papéis de parede padronizados e mais espaço para Widgets.

O anúncio do sistema com seus principais recursos e detalhes sobre a atualização será realizado em 24 de junho, nesta quinta-feira.

Windows 11 vai deixar Skype de lado e favorecer Microsoft Teams