A companhia área Cathay Pacific alertou ontem (24) que sofreu um vazamento de dados que compreende informações sensíveis de até 9,4 milhões de clientes. A Cathay é uma empresa chinesa, com sede em Hong Kong, e realiza voos em todo o mundo — inclusive no Brasil.

Segundo a companhia, o sistema sofreu uma atividade suspeita em março deste ano. Logo em seguida, uma empresa de cibersegurança foi contratada para entender como essa invasão aconteceu e mitigar o problema. Foi apenas dois meses depois, em maio, que a Cathay descobriu que hackers levaram dados pessoais de 9,4 milhões de passageiros.

Entre informações sensíveis e números de cartões, a Cathay informou que nenhuma senha foi vazada — não é piada

Entre os dados vazados, os cibercriminosos tiveram acesso aos nomes completos de passageiros, nacionalidade, data de nascimento, número telefônico, email, endereço residencial, número do cartão de identidade, número do clube do programa de voos, detalhes de atendimento ao cliente e histórico de voos.

Além destes dados sensíveis, a Cathay informou que cerca de 403 números de cartão de crédito foram acessados. Entre eles, 376 estavam com número CVV atrelados. Enquanto isso, a Cathay informou que nenhuma senha foi vazada — não é piada.

A operadora aérea deixou claro que vai entrar em contato com todos os passageiros afetados por meio do email infosecurity@cathaypacific.com. “Queremos nos desculpar por qualquer preocupação que este evento de segurança possa causar aos nossos passageiros”, finalizou a empresa.

Cupons de desconto TecMundo: